Respostas

2014-05-03T14:53:27-03:00
A recente crise na Ucrânia iniciou-se quando o governo ucraniano mostrou que gostaria de fazer parte do principal bloco econômico europeu, a União Europeia. Para a Rússia, se a Ucrânia passasse a fazer parte da UE, ela perderia a grande influência que exerce no país atualmente, principalmente em função da Criméia, que fez parte do Império Russo por centenas de anos e que em anos recentes foi cedida a Ucrânia, mas que tem 90% de sua população como sendo russos e pró-moscovitas. A Criméia além de conter um grande contingente de russos dentro da Ucrânia é um ponto militar estratégico do governo russo nos dias atuais. Portanto caso a Rússia perca a influência que exerce na Ucrânia para os europeus ocidentais, ela estaria perdendo seu "grande tesouro". Para a Europa Ocidental uma união com a Ucrânia passa a ser enviável caso traga conflitos com o governo russo.