Respostas

2014-05-06T14:44:36-03:00
Um olhar sobre a arte de Frida Kahlo   Lina Maria Brandão de Aras1    O estudo de uma temática no contexto da história do México revolucionário desperta tanto o interesse pela pesquisa histórica como também pela pesquisa em arte, pois a Revolução de 1910 perpassou os diversos espaços da sociedade mexicana e não se encerrou com a luta armada. Este é um episódio que permanece vivo naquela sociedade e que possibilitou a emergência de uma conjuntura favorável ao reforço dos ideais revolucionários, a exemplo do populismo cardenista e, também, dos movimentos artísticos ocorridos no período. Outras questões que se apresentam neste estudo são as relações de gênero - um caminho escolhido para a compreensão da trajetória de Frida Kahlo, sua inserção no contexto do muralismo, atividade essencialmente andrógina, haja visto as dimensões e o esforço físico para a produção de uma obra. Para os revolucionários de 1910 as mulheres eram iguais e desenvolviam tarefas também iguais; para muitos homens contemporâneos de Kahlo, ela não passaria de companheira de um dos maiores representantes do Muralismo, como também era uma artista que produzia obras menores, aqui representada através da dimensão de suas pinturas. Esta incursão pelo mundo da arte é possível em função da ampliação do conceito de documento, caminho aberto para que o historiador refizesse seu entendimento em torno das fontes da história. A partir desse ponto, muitas foram as discussões que se seguiram e que fortaleceram ao longo do século XX. O uso das imagens para a maior compreensão das sociedades, apesar de que muito da utilização do material iconográfico serviu, por muito tempo, apenas para ilustração do texto histórico.2 Mais recentemente, “os historiadores levantaram questões sobre o material visual de maneiras proveitosas que podem lembrar.

TU NÃO AJUDOU NÃO DIZ O MATERIAL QUE ELA USOU