Respostas

2014-05-08T00:14:12-03:00
Com a expansão da indústria do século XIX, ocorreu a destruição da velha ordem feudal e a consolidação da nova sociedade estruturada no lucro e na produção ampliada de bens, porém no final desse século, o crescimento do mercado não obedece ao ritmo de implantação da indústria, gerando crises de superprodução que levam à falência milhares de pequenas indústrias e negócios.
Não podendo continuar investindo apenas no mercado europeu sem causar novas crises de superprodução, o capital financeiro exigia expansão e a conquista de novos mercados consumidores.
Os países europeus tiveram de lidar com civilizações organizadas sob princípios diferentes dos seus estruturando-as segundo os princípios que regiam o capitalismo pois a conquista européia da ação colonizadora e a transformava em "missão civilizadora".
O resulsto do darwinismo social é o princípio que parte de como as sociedades se modificam e se desenvolvem de forma semelhante, sendo que astransofrmações representam sempre a passagem de um estágio inferior para outro superior.
O organicismo teve como seguidores cientistas que procuraram aplicar seus princípios à explicação da vida social. Dois estudos importantes foram os "tecidos sociais" e a evolução da espécie humana de acordo com leis que explicariam o desenvolvimento de todos os seres vivos, entre os quais o homem, porém os cientistas que desenvolveram esses estudos partiram do princípio de que existem caracteres universais presentes nos mais diversos organismos vivos, dispostos sob a forma de órgãos e sistemas.