Respostas

2014-05-13T10:04:36-03:00

Podemos considerar o capitalismo um regime que oficialmente foi implantado á partir de finais do século XVIII, após a "Era das Revoluções". Atravessou alguns momentos de angústia representada pela Iª guerra Mundial e a Revolução Russa de 1917. Mas, a crise de 29 responde pelo seu derradeiro teste de sobrevivência.O primeiro momento real de crise do capitalismo.
Do século XIX até início do século XX, a economia mundial tinha seu eixo de importância 
na Europa. Países como Inglaterra, França, Alemanha e outros comandavam as 
decisões econômicas, estabelecia estratégias financeiras, controlava mercados 
consumidores, monopolizava fontes de matérias primas, ditava preços e prazos.
A libra esterlina era a moeda de troca internacional. 
Ali estava reunida a fortuna do mundo.

Mas, já no início do século XX, crises, conflitos e vaidades políticas prenunciavam tempestades
no horizonte, nem sempre azul. Os países europeus, por não conseguirem conciliar interesses, acabam por se envolver num confronto mundial que, praticamente, pôs fim a essa "Belle Époque".

O grande beneficiado foi os Estados Unidos. Já na virada do século, quando os ânimos entre os países europeus se acirraram, os americanos do norte aproveitaram-se da situação para se infiltrarem nas regiões sul e central da América é, gradativamente, conquistar um certo predomínio econômico nessas regiões, conquistando mercados e substituindo os europeus na exploração econômica da América latina.

Veio a guerra, e mais uma vez, vantagem para os Estados Unidos. Os países europeus em guerra voltaram sua produção para a indústria bélica, diminuindo a produção de bens de consumo geral. Produtos manufaturados americanos eram exportados em
massa para o mercado europeu.
2014-05-13T10:49:21-03:00
Os países importaram e exportaram. Os capitalistas de um país fazem investimentos em outros países.
a economia americana estando em plena expansão.
 Cidades cresciam por todo o território americano.
0 carro-chefe do crescimento industrial eram as fabrica de automóveis.
A Ford e a General Motors fabricavam mais de 1 milhão de carros por ano.
Isso estimula o crescimento de siderúrgicas, metalúrgicas, fábricas de pneus, vidros e estofamentos.