Respostas

2014-05-14T16:00:12-03:00
A sensibilidade e especificidade dos testes que avaliam a função tireoideana melhoraram substancialmente.Os ensaios de primeira geração do TSH permitiam apenas o diagnóstico de hipotireoidismo. Com a utilização dos ensaios de TSH de segunda geração (sensibilidade funcional de 0,1 a 0,2 mU/L) e de terceira geração (sensibilidade funcional de 0,01 a 0,02 mU/L), foi possível a sua utilização também na detecção do hipertireoidismo, tornando-se a dosagem do TSH o teste mais útil na avaliação da função tireoidiana Faremos comentários sobre alguns fatores que alteramo TSH (hormônio tireotrópico), T4 (tiroxina) e T3 (triiodotironina)