Respostas

2014-05-14T18:37:07-03:00
Chico Mendes foi além de seringueiro, um ativista ecológico, que via os abusos que o ambiente sofria, os poderes não políticos envolvidos na região amazônica e a ausência do Governo constituído na mesma.
Ele se ressentia e denunciou a vida do extrativista, o desmatamento e as queimadas, a caça, a expansão de lavouras, entre muitos outros abusos. Teve ativa voz no exterior; no Brasil foi pouco ouvido. Somente após sua morte, violenta, alguns avanços ocorreram, no legislativo. Na prática, não há pessoal suficiente para fiscalizar uma enorme área. E a Amazônia se tornou um ambiente fácil e farto para a manutenção do poder de elites locais.
1 4 1