como fazer uma introdução e uma conclusão para o desenvolvimento abaixo:

Os jovens são, sem dúvida, os maiores beneficiados com as facilidades provenientes das máquinas. Eles possuem maior capacidade de aprendizagem e absorvem as informações necessárias em menos tempo. Hoje em dia, é raro encontrar um adolescente sem celular ou sem algum meio de acesso à internet. É incrível a rapidez com que a informação chega às pessoas: o que antes levava semanas ou meses para se tomar conhecimento, atualmente não passam de horas ou, até mesmo, minutos.

Ocorre que nada em excesso é bom, e tal fato não é diferente em relação à tecnologia. O grande número de carro nas ruas ocasiona, todos os dias, em São Paulo, um engarrafamento de mais de cem quilômetros. A tamanha quantidade de páginas na internet pode também ser vista como banalização da informação, permitindo muitas vezes a propagação de falsas verdades, afinal, é praticamente impossível fiscalizar cada site da rede.

Apesar de alguns acharem, por exemplo, que há coisas que podem ser ditas de um jeito melhor por telefone ou via internet, há outros que crêem que isso afeta as relações entre as pessoas e que, ao longo do tempo, elas perdem a capacidade de se expressar pessoalmente.

1

Respostas

2014-05-15T11:27:51-03:00

Esta é uma Resposta Verificada

×
As Respostas verificadas contém informações confiáveis, garantidas por um time de especialistas escolhido a dedo. O Brainly tem milhões de respostas de alta qualidade, todas cuidadosamente moderadas pela nossa comunidade de membros, e respostas verificadas são as melhores de todas.
Introdução:
Os jovens são o grupo que adota as novidades tecnológicas com mais entusiasmo. Eles incorporam as novidades e praticamente descartam outras formas de conhecimento. O uso exclusivo e intensivo de uma única fonte de informação e interação pode, entretanto, ocasionar problemas.

Conclusão:
O melhor e o pior da internet estão na mesma característica: ela é livre e sem filtro. O uso combinado de novas e velhas tecnologias pode ajudar aos jovens a desenvolverem a cada vez mais necessária capacidade de filtragem de informação.