Respostas

A melhor resposta!
2014-05-15T11:06:23-03:00
Educação Inclusiva - Socialização escolar.Segundo Dürkheim (1972), "quando se estuda históricamente a maneira de se formarem e desenvolverem os sistemas de educação, percebe-se que eles dependem da religião, da oranização política, do grau de desenvolvimento das ciências, do Estado, das indústrias etc. Separados de todas essas causas históricas, tornam-se incompreensíveis."Na visão de Gomes (2000),  " a função da escola concebida como instituição especificamente configurada para desenvolver o processo  de socialização das novas gerações, aparece puramente conservadora; garantir a reprodução social e cultural como requisito para a sobrevivência da mesma da sociedade." O colombiano Bernardo Toro (2002) elaborou os códigos da modernidade que são, ao todo, sete competências para a escola desenvolver no processo educacional dos estudantes. São elas: - dominio da leitura e da escrita; - capacidade de fazer cálculos e resolver problemas; - capacidade de analisar, sintetizar e interpretar dados, fatos e situações; - capacidade de compreender e atuar em seu entorno social; - receber criticamente os meios de comunicação; - capacidade de localizar, acessar e usar melhor a informação acumulada; - capacidade de planejar, trabalhar e decidir em grupo.Delval (2001) afirma que as funções sociais da escola são quatro: 1ª - cuidado das crianças, manter as crianças ocupadas, enquanto seus pais estão em suas atividades; 2ª - socialização, colocá-las em contato com outras crianças. Ensinar normas básicas de conduta social. Prepará-las para o mundo do trabalho; 3ª -  Aquisição de conhecimento, adquirir habilidades básicas instrumentais: ler, escrever, expressar-se, lidar com a aritmética. Adquirir o conhecimento científico; 4ª - Ritos de iniciação, subtê-los a provas que servem de seleção para a vida social. Estabelecer discriminações entre elas.É na vivência coletiva que o estudante poderá perceber e tomar consciência a respeito de si mesmo, dos seus parceiros, das afinidades e amizades que podem ser construídas e, sobretudo, da necessária disciplina em termos de horários, hábitos de estudo e realização de tarefas. É no convívio escolar que o estudante poderá gradativamente conhecer a si mesmo, o outro, e construir sua auto-imagem e identidade  de sujeito social.
1 5 1