As praças e ruas são espaços públicos, porém os shoppings são espaços privados. Ambos os espaços propiciam às pessoas diversão e lazer. Aparentemente os espaços privados dos shoppings parecem ter as portas abertas, porém liminares na justiça proibiram grupos de pessoas participantes de rolezinhos de frequentar esses espaços. Tendo por base as leituras desse estudo dirigido, analise as afirmações a seguir, assinalando a alternativa INCORRETA.

Todos os espaços públicos e privados são de livre circulação de pessoas, pois é direito de todos os cidadãos ir e vir, portanto essa discussão esbarra em questões legais mais abrangentes do que simplesmente limitar pessoas de frequentar os shoppings.

Mesmo em espaços públicos é necessário atender às regras de boa convivência e respeitar as leis, portanto todo e qualquer movimento que ameace a integridade das pessoas deve ser coibido.

Com limitação de espaços para lazer, a migração para áreas privadas parece ser natural, mas acabou trazendo à tona um recado velado: “este não é o seu lugar”.

A fim de manter a ordem e a segurança, foi necessário limitar a entrada de um grande número de pessoas participantes dos rolezinhos, essa limitação se deu através de liminares na justiça e que previam multa para quem descumprisse o mandado.

As pessoas sempre se reuniram em praças, esquinas, bares e na praia, para se divertir, paquerar e conversar. Entretanto, alguns jovens da periferia preferem marcar encontros através das redes sociais e que contam com a presença de um grande número de pessoas em um shopping center, a esse fenômeno atribuem o nome de rolezinhos.

1

Respostas

2014-05-16T23:29:38-03:00
INCORRETA 
Todos os espaços públicos e privados são de livre circulação de pessoas, pois é direito de todos os cidadãos ir e vir, portanto essa discussão esbarra em questões legais mais abrangentes do que simplesmente limitar pessoas de frequentar os shoppings.