Leia o trecho de notícia abaixo: O ministro da Educação, Aloizio Mercadante, afirmou nesta sexta-feira (30) que a nova medida provisória a ser enviada pelo governo ao Congresso sobre os royalties do petróleo vai viabilizar o investimento de 10% do Produto Interno Bruto (PIB) na educação. A MP diz que toda a receita de royalties arrecadada em futuros contratos, celebrados no regime de concessão para blocos fora da área do pré-sal, será destinada à área. Além disso, metade dos rendimentos e aplicações financeiras derivadas do Fundo Social, será investida na educação. Para o ministro, a aplicação de 100% permitirá cumprir as "metas extremamente ambiciosas" do PNE. "Estamos decidindo no Senado o Plano Nacional de Educação. Tem metas extremamente ambiciosas. [...] Se nós não quisermos que o Plano Nacional de Educação seja um Tratado de Kyoto, que todo mundo concorda, mas não tem como cumprir porque não tem fonte de receita no orçamento, é fundamental fonte de financiamento que permita a educação avançar", disse.

para alcançar a qualidade de educação de países de primeiro mundo, o PNE deve ser cumprido de forma semelhante ao Tratado de Kyoto.

um efetivo compromisso com a qualidade na educação não implica no investimento proporcional ao crescimento do país.

a qualidade na educação independe dos recursos financeiros disponibilizados pelo governo.

a priorização da educação é questão estratégica para o desenvolvimento humano e tecnológico de uma nação.

apenas as crianças em fase de alfabetização podem obter ganhos efetivos com o incremento no orçamento da educação brasileira.

1

Respostas

2013-06-22T14:51:17-03:00

para alcançar a qualidade de educação de países de primeiro mundo, o PNE deve ser cumprido de forma semelhante ao Tratado de Kyoto.

1 5 1