Em termos “reais” o índice brasileiro exige um pouco mais de atenção. O IDH é uma média, valor que mascara a desigualdade (no caso brasileiro, quem lembra deste gráfico sabe que não podemos desconsiderá-la). Pensando nisso, foi criado o IDH Ajustado à Desigualdade (IDHAD) que considera a desigualdade nas três dimensões do IDH “descontando” o valor médio de cada dimensão segundo o nível de desigualdade. É uma média geométrica de médias geométricas, calculadas separadamente para cada dimensão.
Em perfeita igualdade, o IDH e o IDHAD são iguais.O relatório do PNUD diz que, com a introdução do IDHAD, o IDH tradicional pode ser visto como um IDH “potencial” e o IDHAD como um IDH “real”. A diferença entre estes dois índices fornece a perda no desenvolvimento humano potencial devido à desigualdade.

Respostas

2014-05-18T21:47:56-03:00

Em termos “reais” o índice brasileiro exige um pouco mais de atenção. O IDH é uma média, valor que mascara a desigualdade (no caso brasileiro, quem lembra deste gráfico sabe que não podemos desconsiderá-la). Pensando nisso, foi criado o IDH Ajustado à Desigualdade (IDHAD) que considera a desigualdade nas três dimensões do IDH “descontando” o valor médio de cada dimensão segundo o nível de desigualdade. É uma média geométrica de médias geométricas, calculadas separadamente para cada dimensão. Em perfeita igualdade, o IDH e o IDHAD são iguais.O relatório do PNUD diz que, com a introdução do IDHAD, o IDH tradicional pode ser visto como um IDH “potencial” e o IDHAD como um IDH “real”. A diferença entre estes dois índices fornece a perda no desenvolvimento humano potencial devido à desigualdade.