Respostas

2014-05-19T14:17:46-03:00
Além de arenas modernas para a prática esportiva, elas permitem, segundo o cartunista, que a criatividade brasileira ganhe espaço
O cartunista Ziraldo está animado com a Copa do Mundo. Dessa vez, ele torce para ser bem diferente do Mundial de 1950, para espantar da memória o sentimento de frustração pelo título não conquistado pela Seleção Brasileira naquela ocasião. Ele estava no Maracanã naquele 16 de julho de 1950, na partida decisiva, em que os uruguaios levaram a melhor. Para ele, os 12 estádios construídos têm uma importância imaterial, que transcende o futebol, por dar oportunidades à criatividade do povo brasileiro. O cartunista visitou, na última semana, o Estádio Nacional Mané Garrincha, e concedeu uma entrevista ao portal Brasília na Copa.