Respostas

2014-05-20T16:42:07-03:00
A Resistencia indígena no Brasil Colônia.

Na chegada ao Brasil os portugueses se depararam com os nativos indígenas. Estes, não foram hostis, e estabeleciam atividades como escambo do pau Brasilem troca de presentes vindos de Portugal.
Devido a necessidade de mão de obra, os portugueses começaram aos poucos, a escravização indígena. Para a exploração da cana de açúcar, os senhores de engenhose utilizaram de mão de obra indígena nas plantações de no beneficiamento do produto, desmembrando milhares de tribos. Logo, começaram os conflitos, os indígenas em defesa de suas terras e contra aescravidão.
Os índios não obedeciam aos mandos dos senhores de engenho. Tinham sua própria religião, caçavam pra sobrevivem, conheciam as matas e não se sujeitavam a viver em cativeiro.
Os indígenasviviam duplamente acuados: Os jesuítas almejavam converte-los ao catolicismo e os brancos visavam utiliza-los como mão de obra escrava.
A igreja católica, apresentada pelos jesuítas, proibiu aescravidão indígena já que seu interesse era catequizar os índios, difundindo, além da religião católica, um novo modelo de organização social, econômica e politica.
Entre 1530 e 1570, os maiores centrosprodutores de cana de açúcar, as capitanias de Pernambuco e Bahia, necessitavam cada vez mais de mão de obra nos canaviais, e a coroa portuguesa proibia a escravização dos índios.
Em 1554 e 1567, osíndios Tupinambás lideraram uma revolta, que ficou conhecida como a Confederação dos tamoios Esse grupo se rebelou contra os colonizadores portugueses, envolvendo também os índios Guaianazes e Aimorés.Para compensar as perdas com escravos indígenas e apaziguar a briga com a Igreja Católica, o tráfico negreiro foi intensificado no Brasil Colônia, principalmente no início do século XVII. Atividadealtamente rentável para a coroa portuguesa, os escravos vinham da África, principalmente da Angola, Moçambique e Congo.
8 3 8