Respostas

2014-05-24T01:31:27-03:00
A HUMILDADE FAZ A ARROGÂNCIA DESAPARECER.
A vida é assim o hoje, de  repente não pode ser a manhã, um rapaz (x) formado em vigilante, foi procura trabalho em uma empresa de segurança, ao chegar na porta já havia vários pretendentes a possível vaga, o rapaz (x) perguntou para quem que já esperava por muito tempo na porta da empresa, ai pessoal quantas vagas estão disponíveis, falaram para o rapaz (x), neguem sabe por que o guada não dar atenção a ninguém, mesmo assim o rapaz (x) sabendo que o vigilante todo poderoso não gostava de dar informação se aproximo do tal vigilante todo poderoso e indagou, amigo por favor são quantas vagas despolíveis e até que horas a empresa vai atender, o  vigilante todo poderoso usando da autoridade a ele incumbida e com excesso de arrogância respondeu com um tom de foz como quem tava vendendo batata na feira, se afaste da porta e volte para o final da fila que é o seu luga, o rapaz (x) tenta obter informação através das boas maneiras e reforça, amigo eu só estou peguntando por que estou aqui desde das 5 horas da manhã e já é 1 hora da tarde, tem como o senhor nos dar uma posição, outra o vez respondeu o vigilante todo poderoso a nunciando para os quatros ventos, se esta compressa vá embora e deixe esperando na fila quem de fato quer trabalhar o que não é  o seu caso. O rapaz (x) todo triste foi embora e assim o tempo passou. E o rapaz (x) conseguiu um trabalho de vigilante, e quem chega no portão da empresa do rapaz (x), sim, ele mesmo o vigilante todo poderoso e desempregado, e como a empresa do rapaz (x) tava contratando e tava liberado para entrar 5 por vez para preencher o formulário para uma possível contratação, e o vigilante todo poderoso e desempregado se a próxima do portão e diz amigo posso entra para preenche a ficha, quando o rapaz (x) olha para responder  dá de cara com o vigilante todo poderoso e desempregado, e ele se afasta do portão, mas o rapaz (x) diz, não se afaste, você se lembra de mim, e ele diz sim, o rapaz (x) fala para ele, aqui eu tenho ordem para deixar entra quem eu acha que deve entrar, você pode entra porque somos todos da mesma classe e nuca vou humilhar um pai de família, que estar na batalha para levar o pão para a sua família, e o rapaz (x) pergunta, o senhor acha que eu estou certo, e o vigilante todo poderoso desempregado e com ausência da arrogância que fazia com que ele foce tão incoerente com as pessoas, hoje nesse exato momento adentrando no portão  na presença o rapaz (x) o vigilante todo poderoso de cabeça cabisbaixa diz, sim.
3 3 3