Respostas

A melhor resposta!
2014-05-24T22:08:20-03:00

Esta é uma Resposta Verificada

×
As Respostas verificadas contém informações confiáveis, garantidas por um time de especialistas escolhido a dedo. O Brainly tem milhões de respostas de alta qualidade, todas cuidadosamente moderadas pela nossa comunidade de membros, e respostas verificadas são as melhores de todas.
Prezada,

 A península ibérica, na qual Portugal e Espanha estão, foi dominada por tribos berberes, que governaram de 711 até 1492 (ano da queda do Reino de Granada, atual território da Espanha).

Assim, chama-se de a recuperação desses territórios pelos cristão de Guerra da reconquista, pois eram territórios cristãos antes da invasão dos mouros, que eram muçulmanos, sendo, portanto, a conquista sobre o que antes se tinha, ou seja, uma reconquista.

Considera-se que a guerra da reconquista começou com uma rebelião comandada por Pelágio, vencendo uma grande batalha contra um exército muçulmano bem superior, sobrevivendo apenas dez soldados cristãos.

Desse modo, ao longo dos séculos entre 722 até 1492, os Reinos cristãos na Península ibérica lutaram contra reinos mouros, permitindo que, aos poucos, os  cristãos reconquistassem todo o território que antes estava ocupado pelos muçulmanos invasores.

Obviamente, durante todos esses séculos que os mouros muçulmanos estiveram na Península ibérica, eles deixaram grandes influências nas culturas de Portugal e Espanha, como uma grande quantidade de palavras que derivam do árabe.

Com a reconquista, os portugueses ampliaram a entrada em outros territórios, sendo que o primeiro local a ser conquistado pelos portugueses foi Ceuta, na África. A invasão e ocupação de Ceuta pelos portugueses ocorreu em 1415 e teve motivações econômicas e estratégicas. Era uma cidade extremamente rica, sendo um entreposto comercial. Além disso, havia a guerra da reconquista, com a expulsão dos mouros muçulmanos, com um grande concentração na cidade de Ceuta. Foi possível, assim, pilhar a cidade e dividir os bens das pessoas de lá entre os invasores. A cidade foi, então, tomada e governada pelos portugueses também como uma medida de enfraquecer o poder econômico e bélico do Marrocos.

Isso facilitou o contato dos portugueses com as regiões produtoras de ouro da Guiné, possibilitando as riquezas e o investimento necessário para as grandes navegações.

Por fim, a tomada de Constantinopla, impedindo o antigo acesso por terra e mar que as cidades italianas monopolizavam, estimulou a busca por novas rotas de acesso, de maneira que o lucro com as especiarias era tão grande a ponto de incentivar viagens tão distantes, complicadas, e caras quanto as das grandes navegações.

Bons estudos!
2 5 2