Respostas

2014-05-25T09:09:05-03:00
Em 1949 os países ocidentais firmaram uma aliança político-militar, a OTAN (Organização do Tratado do Atlântico Norte), com a finalidade de combater a influência soviética. 
Além de criarem instituições de defesa militar e econômica, tanto a União Soviética quanto os Estados Unidos usaram outros métodos para manter e expandir sua área de influência. Dentre esses métodos, destacaram-se: 
* apoio a países amigos com ajuda militar ou econômica; 
* apoio a movimentos que, nos países não-alinhados, tentavam derrubar o governo; por exemplo, em Angola, a União Soviética apoiava o Movimento Popular de Libertação de Angola (MPLA), que lutava contra o domínio da metrópole (Portugal); 
* espionagem dos opositores das mais variadas formas; 
* sabotagens econômicas e militares; 
* criação de redes de informação secreta sobre armas, planos de defesa, projetos industriais, etc.; assim funcionários do governo soviético tentavam atrair americanos, ingleses, franceses, etc. para suas organizações de espionagem; funcionários do governo americano tentavam fazer o mesmo com soviéticos e cidadãos de outros países socialistas; 
* colaboração em golpes de Estados, como em 1953, por exemplo: um primeiro-ministro nacionalista governava o Irã; os Estados Unidos e a Inglaterra organizaram um golpe de Estado, e o primeiro-ministro foi derrubado. 
No âmbito da espionagem, cada país dispunha de agências altamente atuantes. As principais eram a CIA, dos Estados Unidos, e a KGB, da União Soviética. 
Apesar de a União Soviética e os Estados Unidos não terem se enfrentado diretamente, em outros países ocorreram conflitos armados que envolveram forças comunistas e forças capitalistas. Uma dessas guerras foi a da Coréia. 
Nos Estados Unidos ocorreu também um movimento que visava identificar e neutralizar cidadãos que defendiam idéias socialistas ou manifestavam simpatia com a União Soviética.
1 4 1