A intolerância religiosa é um tema que está vinculada a outros tipos de preconceitos e discriminações: étnica, cultural, social, sexual, gênero, dentre outras.
Todas as manifestações acontecem pelo fato de sermos diferentes estas diferenças estão implícitas à diversidade cultural.
Vivemos em um País que em sua Constituição garante a liberdade de expressão desde que não fira o direito do outro, pois no Brasil, a diversidade de crenças e cultos é imensa desde que não fira o direito do outro. Desrespeitar a crença do outro é INFRIGIR a Constituição Brasileira e, além disso, ferir um dos direitos humanos fundamentais, o direito de ter uma religião ou de não ter nenhuma. A intolerância religiosa é consequência da não vivência dos princípios éticos, dos ensinamentos mais elementares presentes na origem de cada tradição religiosa, que é o direito a vida, ao amor, ao respeito e ao cuidado do seu semelhante.
Convivemos com as injustiças sociais e raciais, as quais são até transformadas em obras cinematográficas de sucesso. A desigualdade social se amplia e as esperanças são renovadas a cada governo em tais condições, o preconceito e a intolerância, aberto ou dissimulado, tende também a perdurar, este se faz presente em todos os espaços: no trabalho, nas escolas, nas universidades, nos meios de comunicação em geral, etc.
Contribuir para transformar esta realidade é também um compromisso dos intelectuais com responsabilidade social diante do mundo em que vive, com o seu país e com os que econômica e culturalmente desfavorecidos.

1

Respostas

2014-05-26T12:13:05-03:00
N entendi o que vc quer ?????