Em dez anos, de 2003 a 2012, a geração de lixo por pessoa aumentou de
955g por dia para 1,223 kg. Foi o que aconteceu na casa de Jeferson e
Denise, no subúrbio do Rio de Janeiro. O aumento da renda mudou também o
lixo. “Embalagem de iogurte, embalagem de leite, enlatado, leite em
caixa. Nós dois trabalhamos fora e no final de semana. Estamos sempre
pedindo comida por telefone“, diz o empresário Jeferson Rodrigues.
Para
José Gustavo Feres, economista do IPEA, é um retrato do que acontece em
todo o país. “As pessoas com mais renda consomem mais
eletroeletrônicos, embalagens plásticas, e este tipo de resíduo tem
impacto ambiental maior até do que os resíduos orgânicos”, afirma.
Até
2014, a Política Nacional de Resíduos Sólidos determina que os lixões
devem ser erradicados e substituídos por aterros sanitários. A diretora
do Ministério do Meio Ambiente diz que esse prazo será mantido.
“O
governo têm colocado recursos por parte do Governo Federal e têm
incentivado as prefeituras a se engajarem nessa ideia de fazer a gestão
integrada dos resíduos sólidos urbanos”, afirma Zilda Veloso, diretora
do Ministério do Meio Ambiente.
O coordenador da pesquisa da Abrelpe
diz que o desafio é grande. “Nós tivemos um aumento na geração e não
tivemos o correspondente na destinação, ou seja, o país evoluiu
economicamente, mas não evoluiu ambientalmente”, diz Silva.

Fonte:
Adaptado de:
<http://g1.globo.com/jornal-da-globo/noticia/2013/05/volume-de-lixo-cresce-em-proporcao-maior-que-pop....
Acesso em: 27 abr. 2014.

Considerando as informações do texto, infere-se que:


2

Respostas

2014-05-27T20:18:04-03:00
Resposta correta é:

Houve aumento na renda da população brasileira, bem como na produção de lixo
1 2 1
2014-05-28T08:54:07-03:00
Houve aumento na renda da população brasileira, bem como na produção de lixo.