Respostas

2014-05-31T08:55:49-03:00
A Esclerose Múltipla (EM) é uma doença auto-imune. O sistema imunológica agride a camada de mielina , que é uma substância que recobre o sistema nervoso, impedindo que os impulsos elétricos enviados pelo cérebro atinjam seu destino. Há várias formas de sequelas, desde as mais leves até severas , dependendo da parte do sistema nervoso que é afetada.

Na Esclerose Lateral Amiotrófica (ELA)   as células nervosas (neurônios) se desgastam ou morrem e já não conseguem mais mandar mensagens aos músculos. Isso gera enfraquecimento dos músculos, contrações involuntárias e incapacidade de mover os braços, as pernas e o corpo. A doença piora lentamente. Quando os músculos do peito param de trabalhar, é muito difícil ou impossível respirar por conta própria. Dez por cento dos casos são causados por defeito genético, nos demais não há ainda explicação.

Ambas não tem cura.
A EM possui tratamentos que aliviam os sintomas e diminuem a ocorrência de surtos. Não diminui a expectativa de vida.
ELA é progressiva e fatal.