Respostas

2014-06-04T13:11:28-03:00
Entre os anos de 1534 e 1536, o
rei de Portugal D. João III
resolveu dividir a terra
brasileira em faixas, que
partiam do litoral até a linha
imaginária do Tratado de
Tordesilhas. Estas enormes
faixas de terras, conhecidas
como Capitanias Hereditárias,
foram doadas para nobres e
pessoas de confiança do rei.
Estes que recebiam as terras,
chamados de donatários, tinham
a função de administrar,
colonizar, proteger e desenvolver
a região. Cabia também aos
donatários combater os índios
de tribos que tentavam resistir à
ocupação do território. Em troca
destes serviços, além das terras,
os donatários recebiam algumas
regalias, como a permissão de
explorar as riquezas minerais e
vegetais da região.
Estes territórios seriam
transmitidos de forma
hereditária, ou seja, passariam
de pai para filho. Fato que
explica o nome deste sistema
administrativo.
2014-06-04T13:12:01-03:00
tinham a função de administrar, colonizar, proteger e desenvolver a região. Cabia também aos donatários combater os índios de tribos que tentavam resistir à ocupação do território. Em troca destes serviços, além das terras, os donatários recebiam algumas regalias, como a permissão de explorar as riquezas minerais e vegetais da região. 
1 5 1