Respostas

2014-06-04T16:07:32-03:00
Irineu Evangelista de Souza (1813-1889), o barão de Mauá, nasceu em Arroio Grande, no Rio Grande do Sul. Órfão de pai, veio para o Rio de Janeiro com a idade de nove anos, onde começou a trabalhar numa importadora da rua Direita, atual Primeiro de Março, como caixeiro e menino de recados
Por seu talento, Irineu foi galgando posições dentro da firma, a ponto de se tornar o seu proprietário, e nessa condição construir um grande império comercial, financeiro e industrial, graças à sua extraordinária capacidade para antecipar oportunidades de lucro. 

Percebendo a importância da Revolução Industrial, fundou o Estaleiro Mauá, no qual empregou mais de mil operários, que foi o responsável pela construção de 76 navios e pelos canhões que o Brasil usou na Guerra do Paraguai, para além de produzir caldeiras para máquinas a vapor, engenhos de açúcar, guindastes, prensas, armas e tubos para encanamentos de água. 

Mauá criou companhias de navegação a vapor no Rio Grande do Sul e no Amazonas; em 1852 implantou a primeira ferrovia brasileira, entre Petrópolis e Rio de Janeiro, uma das primeiras ferrovias, no mundo, fora da Inglaterra. Executou também o trecho inicial da União e Indústria, entre Petrópolis e Juiz de Fora, a primeira rodovia pavimentada do Brasil.
Mauá lançou os cabos que dotaram o Brasil de telégrafo internacional e em 1854 implantou a iluminação pública a gás do Rio de Janeiro, cidade que também dotou de água e de gás canalizados.
 
4 3 4