Respostas

2013-07-08T19:29:19-03:00
A divisão da China – No fim do século XIX, Grã Bretanha, França, Alemanha, Rússia, Estados Unidos e Japão dividiam o imenso território chinês em diversas esferas de influência.
Os nacionalistas chineses reagiam contra intervenção estrangeira e ao tíbio comportamento da dinastia Manchu, então ocupante do trono imperial. No norte da China, uma associação secreta, denominada Sociedade Secreta Harmoniosos Punhos Justiceiros, promoveu atentados e rebeliões contra estrangeiros e missionários cristãos. Em 1900, com respaldo popular crescente, os boxers (eram os membros da associação secreta) sitiaram o bairro ocupado pelas delegações estrangeira em Pequim. Foi o início da Guerra dos Boxers, que se espalhou das zonas costeiras para as cidades que margeiam o rio Yang-tse. A luta terminou com a derrota dos chineses e a imposição pelas potências estrangeiras da política da Porta Aberta, pela qual a China era obrigada a fazer novas concessões econômicas.

Na figura, estão representados os países envolvidos na divisão da China, através das caricaturas de seus governantes. Pode-se observar na mesa um mapa da China, o qual está sendo dividido pelos membros presentes, o que é representado pela faca empunhada sobre o mapa. Atrás desses governantes europeus, está o imperador chinês da época, com uma expressão transtornada, pelo fato de que ficou insatisfeito por estar subordinado à Europa e confinado na cidade sagrada. Embora esses países tenham dividido a China entre eles, esta ainda permaneceu sob  domínio do imperador chinês.
13 4 13