Respostas

2013-07-15T05:49:10-03:00
Pode-se dizer que o marco na história da química foi o surgimento do homem.Após,veio o descobrimento do fogo,com o homem sendo capaz de cozinhar alimentos e adquirindo uma fonte de luz e calor para si.

Na cozinha mesmo,que é dito ser o primeiro "laboratório" de química,descobriram a pólvora negra por acidente,ainda no século X.
Alquimistas(uma espécie de químicos antigos) já trabalhavam nesta época,tentando criar o elixir para uma vida eterna e fazendo experimentos visando transformar metais em ouro.

O que nos leva a uma outra conclusão:desde a Antiguidade, alguns elementos já eram conhecidos pelo homem, como o carbono, ferro, enxofre, ouro, prata, cobre, mercúrio, estanho.

Em 1871, o russo Dmitri Mendeleiev previu alguns elementos que iriam completar a Tabela Periódica. A partir de 1875, alguns químicos comprovaram e existência destes elementos, confirmando o que Mendeleiev havia falado. Os elementos descobertos foram: gálio, túlio, itérbio, escândio, gadolínio, hólmio, samário.

Nesta mesma época, o Casal Curie descobria elementos com propriedades radioativas. 
Por volta de 1925 quase todos os elementos estáveis da crosta terrestre já estavam inseridos na Tabela Periódica. 

Os elementos sintéticos começaram a ser produzidos. São instáveis. Antes disso, descobriram o tecnécio e o frâncio. 

Da metade do século XVII ao meio do século XIX, os cientistas já usavam métodos mais “modernos” de descobertas testando teorias com seus experimentos. Um das grandes controvérsias era o mistério da combustão.

O primeiro químico que provou que o oxigênio é essencial à combustão foi Joseph Priestly. O oxigênio e o hidrogênio foram descobertos durante este período. 

Foi o químico francês Antoine Lavoisier quem formulou a teoria atualmente aceita sobre a combustão. Isso originou uma nova era, conhecida como Química Moderna, à qual muitos se referem como Química atômica.