Respostas

2014-06-25T10:57:32-03:00
O Período Napoleônico é entendido como uma continuidade do processo revolucionário francês.
O Congresso de Viena tinham preocupação com a situação e os direitos dos reis na Europa pós-Napoleônica, então foram tomadas várias medidas para que a Europa "continuasse igual antes" da revolução. A primeira medida de impacto tomada pelo congresso foi conceder o governo da França para Luís XVIII, irmão do rei Luís XVI, que havia sido guilhotinado durante a experiência revolucionária francesa. Além disso, o governo francês perdeu todos os territórios conquistados pelos seus exércitos e foi obrigado a pagar uma pesada indenização para as nações prejudicadas pelas invasões napoleônicas. Enquanto a dívida não fosse quitada, os exércitos absolutistas europeus continuariam na França.
Com relação aos demais países afetados pela revolução, os principais dirigentes absolutistas decidiram adotar o princípio de legitimidade. Segundo essa diretriz, todas as dinastias que reinavam na Europa antes da Revolução Francesa teriam o governo e seus territórios reintegrados. 
Outra medida envolvendo os esforços de Rússia, Prússia e Áustria foi a criação da Santa Aliança, um pacto de natureza política e militar que visava defender as medidas adotadas no Congresso de Viena
esse ta os doi juntos
Porque os dois não são a mesma coisa.. o congresso de Viena é depois da era napoleônica