Respostas

2014-06-27T13:36:10-03:00
São de Aristóteles os Escritos lógicos: cujo conjunto foi denominado Órganon mais tarde, não por Aristóteles. O nome, entretanto, corresponde muito bem à intenção do autor, que considerava a lógica instrumento da ciência.

Segundo Aristóteles, a filosofia é essencialmente teorética: deve decifrar o enigma do universo, em face do qual a atitude inicial do espírito é o assombro do mistério. O seu problema fundamental é o problema do ser, não o problema da vida

Aristóteles é o criador da lógica, como ciência especial, sobre a base socrático-platônica; é denominada por ele analítica e representa a metodologia científica.

Trata Aristóteles os problemas lógicos e gnosiológicos no conjunto daqueles escritos que tomaram mais tarde o nome de Órganon..

Foi dito que, em geral, a ciência, a filosofia - conforme Aristóteles, bem como segundo Platão - tem como objeto o universal e o necessário; pois não pode haver ciência em torno do individual e do contingente, conhecidos sensivelmente.

O Organon está dividido nas seguintes partes:

Categorias ( escritos sobre a teoria dos tipos, isto é, uma teoria na qual os objetos são classificados de acordo com o que se pode dizer significativamente acerca deles).
Tópicos (escritos para orientar todos aqueles que tomam parte em competições públicas de dialética ou discussão )
Refutações dos Sofistas.
Interpretação (escritos sobre os juízos)
Primeiros Analíticos (escritos sobre o silogismo em geral)
Segundos Analíticos (escritos sobre a demonstração)

Foram múltiplas as contribuições de Aristóteles para a criação e desenvolvimento da lógica como a conhecemos. Entre outras, devem-se-lhe as seguintes contribuições:

- A separação da validade formal do pensamento e do discurso da sua verdade material.
- A identificação dos conceitos básicos da lógica.
- A introdução de letras mudas para denotar os termos.
- A criação de termos fundamentais para analisar a lógica do discurso: "Válido", "Não Válido", "Contraditório", "Universal", "Particular".

A lógica de Aristóteles tinha um objetivo eminentemente metodológico. Tratava-se de mostrar o caminho correto para a investigação, o conhecimento e a demonstração científicas.
O método científico que ele preconizava assentava nos seguintes fases:

1.Observação de fenômenos particulares;
2.Intuição dos princípios gerais (universais) a que os mesmos obedeciam;
3. Dedução a partir deles das causas dos fenômenos particulares.

Aristóteles estava convencido que se estes princípios gerais fossem adequadamente formulados, e as suas conseqüências corretamente deduzidas, as explicações só poderiam ser verdadeiras.

Apesar dos enorme avanços que produziu, a lógica aristotélica, tinha enormes limitações que se revelaram mais tarde, verdadeiros obstáculos para o avanço da ciência.

  • Usuário do Brainly
2014-06-27T13:36:44-03:00
A respeito da lógica em Aristóteles, podemos afirmar que:

 a) São, para ele, premissas do conhecimento: a não-contradição, o terceiro excluído e a identidade.

 b) Segundo esta lógica os objetos tratados pela matemática serão sempre diferentes dos objetos tratados pelas ciências empíricas.

 c) Para que se possa proceder à “abstração” há necessidade de “formas ideais”.

 d) A generalização em Aristóteles só é efetuada através da dedução.
obg. por ter mim ajudado
não entendi qual a resposta certa?