1)Qual a imagem criada pelo rei na transição do feudalismo para a sociedade burguesa ?


2)Além dos filósofos ,a Igreja também buscou justificar o poder dos reis. Explique essa afirmação?

3)Qual a contribuição de maquiável e hobbes na consolidação ideológica do absolutismo?

4)Qual situação da burguesia na fase final da idade media ?o que a burguesia e os nobres ganham com a centralização do poder

PRECISO URGENTE !!!!!!!!!!!

1

Respostas

2013-07-19T15:32:10-03:00

Esta é uma Resposta Verificada

×
As Respostas verificadas contém informações confiáveis, garantidas por um time de especialistas escolhido a dedo. O Brainly tem milhões de respostas de alta qualidade, todas cuidadosamente moderadas pela nossa comunidade de membros, e respostas verificadas são as melhores de todas.
1) Com o fim do feudalismo, as pessoas passaram a voltar para as cidades, saindo do campo, e teve-se início o renascimento comercial e urbano. Os burgueses faziam parte do 3° estado, e por isso buscavam maiores direitos, e isso se seucedeu com a Revolução Francesa e Industrial, que marcou definitivamente a passagem do feudalismo para o capitalismo.

2) A Igreja, desde a Idade Média tinha um apoio dos reis, nobres, por isso, cabia a Igreja agora ajudar os reis, dando a eles consideração, e com os reis no comando, a Igreja continuaria com seus privilégios, pois havia uma aliança entre Estado e Igreja.

3) Hobbes, Maquiavel e Bossuet contribuíram no absolutismo, pois os reis utilizaram suas ideias em sua política. Hobbes dizia que " O homem é o lobo do homem", ou seja, os reis deveriam tomar cuidado com seu rivais mais próximos. Maquiavel escreveu " O Príncipe" da célebre citação "os fins justificam os meios", ou seja, para os reis terem um total controle era preciso usar de tudo, e o que ele citava era separar ética da política, ou seja, o rei não deveria ser bondoso para que continuasse no poder.

4) No fim da Idade Média, houve uma centralização do poder nas mãos dos reis, diferentemente da Idade Média, que não tinha uma centralização, ou seja, o poder era dividido para cada senhor feudal. Com essa centralização, os nobres e burgueses comemoraram, pois assim, poderiam voltar suas atividades no comércio, no que se caracterizou o mercantilismo, ou pré-capitalismo.
1 5 1