Oi pessoal, estou com uma dúvida. Estou resolvendo exercicios sobre Produtos Vetoriais e me deparo com a questão:

Calcule o valor de m para que a área do paralelogramo determinado por U=(m, −3, 1) e V = (1,−2, 2) seja igual a √26.

Bom, minha pergunta na vdd não é como resolver esse exercicio mas sim, o PORQUE de uma parte da resolução. Comecei fazendo UxV

 \left[\begin{array}{ccc}i&j&k\\m&-3&1\\1&-2&2\end{array}\right]

e fiz umas 3 vezes e o resultado dá (-4, 1-2m, 3-2m) . Só que ele está errado! tem uma resolução deste exercício aqui nesse site mesmo em que o resultado dessa parte fica (-4, 1-2m, 3-m) ! Me ajudem o porquê de ser 3-M ao invés de 3-2M ! nao consigo enxergar o meu erro!

1

Respostas

2014-06-27T22:35:01-03:00
I       j      k     i     j
m    -3    1    m -3            =  -6i  +j -2mk + 3k +2i -2mj    
1     -2    2      1  -2                   w= (-4, 1-2m,3-2m)
 s=área= raiz de 26
s=(u x v)
raiz de 26=raiz de 16 + (1-2m)² + (3 -2m)      corta as duas raízes
26=16 + 1 -4m +4m² +9 -12 m +4m²              corta o 26
8m² -16m = 0
8m (m-2)=0

resposta corretíssima, pq eu fiz a prova com essa questão!
m'=0
m"=2

                                             
1 5 1
então, o que eu queria saber é da onde o povo tirava o 3-m , sendo qe o meu dava 3-2m... olhe o valor de "z" http://brainly.com.br/tarefa/486586 .Mas agora descobri que no meu foi desatenção minha na multiplicação "apenas" kk fiz igual o seu! mas o desse link tb ta certo ... mas pq sera qe no dele é 3-m e dá certo?
olhei esse site que vc postou, como não altera o resultado acredito que são pontos proporcionais. Mas tb n entendi.