Se vc estiver falando de estatística, vc vai fazer a média das idades (soma as idades, e divide pelo número de pessoas participantes), a partir daí vc vai ter uma ideia de se a idade média é baixa ou média...
mas eu acho que vc tá falando de história...aí é o seguinte: hoje estamos no ano 2013. A idade média é um período que vai do séc V (a partir de 400 c.C) ao sec XV (a partir de 1400 d.C). Só que como esse período é muito grande e com desenvolvimentos diferentes em vários lugares do planeta (na verdade só se fala de Europa e Asia nesse tempo, o Brasil nem existia) foi dividido em baixa idade média e alta idade média. São classificações da Idade Média. Agora é só dar uma googlada. Espero ter te dad
espero ter te dado um caminho
obrigada pela ajuda ;)
POR NADA

Respostas

2014-07-01T00:05:19-03:00
Alta Idade Média:
Para caracteriza-la podemos dizer que foi o período em que os bárbaros invadiram o império romano e surgiu o feudalismo, onde servos trabalhavam nas terras de um senhor, o senhor feudal, quase de maneira escrava.

Baixa Idade Média:
O sistema feudal entrou em decadência por causa das inovações no campo, como o surgimento do moinho hidráulico, carroças, entre outros. Também foi marcada pelo movimento religioso conhecido como "As Cruzadas", o que expandiu o comércio.
1 5 1
Espero ter ajudado moça, é um resumo do que lembro, é basicamente isso.
2014-07-01T11:03:14-03:00

Esta é uma Resposta Verificada

×
As Respostas verificadas contém informações confiáveis, garantidas por um time de especialistas escolhido a dedo. O Brainly tem milhões de respostas de alta qualidade, todas cuidadosamente moderadas pela nossa comunidade de membros, e respostas verificadas são as melhores de todas.
Alta Idade Média:

As invasões dos povos bárbaros fez com que o império romano no ocidente caísse em 476 d.C.
Assim, alguns grupos de bárbaros ganharam destaque, e dentre eles o reino dos francos foi o que mais teve presença.
Meroveu conseguiu conter a invasão dos Hunos na Batalha de Poitiers, em 732 d.C.
Clóvis também ganhou destaque, por iniciou a dinastia merovíngia, onde ele se uniu fortemente a religião católica, doando terras para os membros do clero.
O filho de Clóvis, Pepino, o breve, também teve importância, pois se juntou cada vez mais à Igreja, doando mais terras para eles, além de vencer outras batalhas, como por exemplo, contra os saxões.
O filho de Pepino, Carlos Magno, foi o principal imperador da Alta Idade Média, ele venceu grandes batalhas, inciando uma nova dinastia, dos carolíngios, expandindo cada vez mais seu território. Nesse período também houve o renascimento carolíngio, onde os nobres se dedicavam ao estudo, e foi aí que surgiram as primeiras universidades.
Após a morte de Carlos Magno, o império se desfragmentou, e assim, a Igreja ganhou força, dando início ao feudalismo.

Baixa Idade Média:

Um período onde a Igreja era a dona do poder, pois acumulou terras doadas pelos reis anteriores, e com a descentralização do poder dos reis, ela passou a ter influência sobre tudo. Houve muita perseguição, tortura, mortes nesse período, pois aqueles contra a Igreja eram considerados hereges, e por isso, eram castigados em nome de Deus. Cansado dessa perseguição, Martinho Lutero criou a Reforma Protestante, alarmando toda a Europa sobre os males da Igreja. Assim, toda a Europa passou a inciar movimentos contra a imposição da Igreja, como o calvinismo criado por João Calvino, o anglicanismo criado pelo rei Henrique VIII. A igreja não deixou barato, e criou a Contra Reforma, onde reuniu pessoas para combaterem os hereges. Nesse período também ocorreram as cruzadas, que ajudaram no renascimento urbano e cultural, balançando o feudalismo.
1 1 1