Vamos imaginar que você, já formado, receba um salário
líquido de R$ 2.190,00 depois de descontados: 4% de INSS, 15% de imposto de
renda e 8% de FGTS. Dessa forma, a partir de 1º de julho receberá um aumento de
15% sobre seu salário bruto.

1
a resposta
tem dependentes?
Só há resposta quando existe pergunta.
nao
a pergunta é praticamente o mesmo salário? um aumento de 4%?

Respostas

  • Usuário do Brainly
2014-07-01T10:36:01-03:00
Bom dia!

É simples!

Salário líquido ⇒ R$    2.190,00

Somando os descontos em porcentagem, temos:

D= 4%+15%+8%= 27%

Então, o salário bruto:

S=  \frac{27}{100} * \frac{2.190}{1}
S=  \frac{59.130}{100}
S= 591,30

S_b= 2.190,00+591,30
S_b= 2.781,30 


Então um aumento de 15% ao salário bruto, temos:

S= \frac{15}{100} *\frac{2.781,30}{1}
S=  \frac{41.719,50}{100}
S= 417,195

Ou seja, seu salário sera com o aumento de 15%:

S_f= 2.781,30+417,195 \\ S_f= 3.198,495  <------------------------
1 5 1
Vamos imaginar que você, já formado, receba um salário líquido de R$ 2.190,00 depois de descontados: 4% de INSS, 15% de imposto de renda e 8% de FGTS. Dessa forma, a partir de 1º de julho receberá um aumento de 15% sobre seu salário bruto.

Assim, você poderá esperar:

(a)praticamente o mesmo salário, pois esse aumento só vai cobrir os 15% do imposto de renda.
(b)um aumento de aproximadamente 4%, pois tem de considerar que terá os descontos sobre os 15% de aumento.

(c)um aumento de 15%, porque esse percentual incide proporcionalmente sobre o salário bruto e o líquido.

(d)um aumento de 12%, que corresponde à diferença entre os descontos e a porcentagem total de aumento.

(e)um aumento de 17,5%, porque os 15% devem ser calculados sobre o salário bruto, que é maior.
Sergio10 em qual a tua resposta se em caixa das seguistes alternativas