Respostas

2014-07-01T22:43:05-03:00
Da parte do estado Brasileiro, existe a implantação de um sistema de políticas neoliberais que fazem com que o país passe a privatizar todos aqueles setores que a iniciativa privada tem interesse, para supostamente se dedicar a setores que não são lucrativos à iniciativa privada. A partir daí, também existe a estimulação de uma competição dos produtos importados aos produtos nacionais, criando alguns problemas com as pequenas indústrias no país (principalmente no setor têxtil). No caso da educação, os investimentos são voltados principalmente para o ensino fundamental, que é a obrigação real do Estado brasileiro segundo a constituição. Aí ocorre o sucateamento do sistema de ensino e inclusive das escolas e universidades. Também existe a criação de políticas para incentivo ao ensino tecnológico através de uma parceria público-privada entre governo e instituições interessadas em fornecer cursos profissionalizantes de médio prazo para capacitar mais pessoas para o mercado de trabalho (o PROEP). A falta de recursos e o alto custo de alguns cursos (visto que só 50% das vagas eram gratuitas) fizeram com que o programa fosse um verdadeiro fracasso no sentido de crescimento.(a partir de 2008 acontece essa transição). A reutilização de algumas estruturas construídas pelo governo e cedidas a instituições privadas foram devolvidas a União e transformadas em campi dos institutos federais de educação, ciência e tecnologia na maioria dos estados do país.