1)a)Para Lutero de que forma as pessoas poderiam alcançar a salvação?

b)Por que a livre interpretação da Bíblia era criticada pelo alto clero medieval?

2)o nome do movimento protestante que pregava salvação da alma e apresentava principios básicos apoiados na pratica economica da beguesia nascente.

3)Explique o processo de formação dos Estados nacionais no inicio da "Época Moderna".

1
alguem me responde

Respostas

2014-07-03T15:16:06-03:00
1a- As 95 teses de Martinho Lutero condenava a venda de indulgências e propunha a fundação do luteranismo ( religião luterana ). De acordo com Lutero, a salvação do homem ocorria pelos atos praticados em vida e pela fé. Embora tenha sido contrário ao comércio, teve grande apoio dos reis e príncipes da época. Em suas teses, condenou o culto à imagens e revogou o celibato. 

1b- A Reforma protestante foi uma mudança ideológica que influenciou todas as áreas. Derrubou a hierarquia e a ostentação, simonia e etc. A livre interpretação da Bíblia permitiria aos fiéis a formação de várias correntes religiosas e proporcionaria aos mesmos a possibilidade de questionar os dogmas pregados pela Igreja católica.

2.Calvinismo

3.
O processo de centralização política nas mãos do rei foi o símbolo da formação dos Estados Modernos na Europa, os exemplos mais clássicos desse processo foram Espanha, Portugal e França. As mudanças na forma de governar tornaram mais claras as diferenças entre o mundo moderno e o mundo feudal. Entre os principais aspectos que caracterizaram as Monarquias Nacionais estão: A burocracia administrativa, que ganhou um corpo de funcionários que tinham a função de desempenhar tarefas de administração pública; A força militar, que gerou a necessidade de criação de um exército nacional para conter possíveis invasões ou confrontos com outros países e também para estabelecer ordem pública na sociedade;Leis e justiças unificadas, que foram responsáveis pela formação de leis que possuíam caráter da manutenção da ordem, além de melhor proteger os direitos e deveres dos cidadãos; Sistema burocrático, que marcou o surgimento das tarifas e tributos cobrados pelo rei para sustentar as despesas públicas.
2 3 2