1- Como se dividia o núcleo do poder militar. O que era sorbonne e o que era "linha dura"?
2- O que os políticos civis esperavam do governo Castelo Branco?
3- Por que os militares editavam os atos institucionais? Descreva o AI1, AI2, AI3, AI4 e AI5.
4- Qual o reflexo da posse de Costa e Silva em 1967?
5- Como a oposição tenta se organizar em função da demora da abertura do regime militar?
Se poderem me ajudar pessoal!!!!!

1

Respostas

2014-07-04T01:48:48-03:00
Willian, quando falamos de ditadura militar, temos que estudar o contexto histórico da época. O mundo estava dividido em capitalismo e socialismo, economicamente falando e que influenciava na política da época. Não havia uma maturidade para se fazer algo usando as coisas boas dos dois lados. O comunismo estava sendo imposto em muitos países, e no Brasil, havia um movimento para a sua implantação aqui. O governo de Jânio Quadros, chegou a dar a ordem do cruzeiro a Tche, o que não foi visto com bons olhos, com a sua renúncia e com Jango no governo, o namoro com o comunismo continuou, de forma que se fez necessário a intervenção militar. Mas o que muitos não sabem é que esta intervenção era pra ser temporária, por isso que Castelo Branco, foi nomeado, com o golpe, o primeiro presidente militar. Castelo Branco era moderado (Sorbonne), sabia que logo iria passar o governo a um civil ou junta, mas por motivos não explicados, morreu num acidente aéreo. Respondendo suas perguntas.
1- Como se dividia o núcleo do poder militar. O que era Sorbone e o que era "linha dura"? 
Era dividido em moderados (conhecidos como Sorbone), tinham Castelo Branco como líder, eram intelectuais, moderados, sabiam como agir de maneira mais prudente e estavam prontos a passar o governo para as mãos de civis. O outro grupo era os linha-dura, liderados por Costa e Silva, estes pregavam mais ação contra os comunistas, violentos ao extremo.
2- O que os políticos civis esperavam do governo Castelo Branco?
Por ser do grupo moderado, esperavam que os militares estabelecem a democracia plena, de maneira gradual e segura.
3- Por que os militares editavam os atos institucionais? Descreva o AI1, AI2, AI3, AI4 e AI5.
Os Atos institucionais (AI) eram decretos que visavam a segurança nacional.
AI1 => Davam ao governo militar poder alterar Constituição, suspender direitos políticos, cassar mandatos, tudo que fosse contra a segurança nacional.
AI2 => Acabou com os partidos políticos, eleição indireta para presidente, intervenção nos estados, decretar estado de sítio sem consulta ao Congresso, etc.
AI3 => Criou os chamados "governos biônicos", onde os governadores eram escolhidos por um colégio eleitoral e os prefeitos indicados pelos governadores.
AI4 => Convocou o Congresso para a elaboração de uma nova Constituição, a de 1967, revogando a de 1946.
AI5 => Foi a mais violenta de todas, pessoas foram exiladas, praticamente instituiu a tortura, deu pleno poder ao presidente para fechar o congresso, demitir funcionários públicos, a censura foi instituída abertamente e feita com mais rigor, proibição de atos contra o governo, etc 
4- Qual o reflexo da posse de Costa e Silva em 1967?
Foi o presidente que deu início a linha dura, por consequência, os movimentos contrários a ditadura responderam da mesma forma, a violência foi instituída no país. Assaltos, sequestros, atentados com bombas, eram comuns.
5- Como a oposição tenta se organizar em função da demora da abertura do regime militar? 
Os movimentos estudantis, lançaram a campanha das diretas já, a CUT foi fundada, as greves instituídas, campanhas pela anistia plena, o governo foi bombardeado de todas as formas pela sociedade. 
2 5 2
Observe que hoje em dia, o governo está tentando implantar a mesma política comunista da época, mas com uma diferença, o povo está mais instruído e temos o poder do voto para evitar uma segunda intervenção militar.