Desde
1965, Roberto Carlos comandava junto com Erasmo Carlos e Wanderléa o
programa musical Jovem Guarda, apresentado todos os domingos pela TV
Record. Roberto Carlos era, em 1966, aos 25 anos, imensamente popular e o
dono da maior vendagem de discos. A obra de Nelson Leirner, Adoração
(1966), reflete de modo crítico sobre a relação entre o público e o
ídolo da música na contemporaneidade. Leia as afirmações e assinale a
alternativa correta:

I
- O fato de Roberto Carlos estar destacado no centro do quadro, com
formas salientadas por neon, revelam que Nelson Leirner era apaixonado
pelo cantor. II
- A imagem central do ídolo pop, Roberto Carlos, ladeado por imagens da
tradição cristã, permite afirmar que Nelson Leirner está relacionando o
ato de adorar figuras divinas com o ato de adorar artistas da cultura
midiática. III
- A imagem destacada de Roberto Carlos em relação às figuras cristãs,
apresentadas em tamanho menor, pode atestar que, segundo Leirner, é o
artista a figura mais adorada nos anos 60. IV
- O contexto dos anos 60 foi muito tranquilo, sem grandes questões
sobre a liberdade e sobre a alienação do homem. Isso torna a obra de
Leirner isolada em relação ao tempo em que foi produzida.




ALTERNATIVAS











Somente I e II estão corretas.








Somente II e III estão corretas.








Somente I, II e IV estão corretas.








Somente I, III e IV estão corretas.








Todas estão corretas.


1

Respostas

2013-07-25T09:16:26-03:00