Desde suas origens no século XV o conceito América Latina e a identidade latino americana é fonte de diferentes interpretações. Algumas delas presentes na literatura dominante até o século XX foram marcadas por definições equivocadas e até preconceituosas. Tal cenário intensificou reações de uma literatura crítica regionalista centrada sobretudo, na defesa nos valores locais. No entanto, do antagonismo teórico envolvendo ambas as visões pelo menos dois aspectos se destacam: a polêmica em torno d
é o basico que posso le dá

Respostas

2014-07-07T10:00:07-03:00
A América Latina é uma região onde estão os países que primordialmente falavm línguas românicas (Derivadas do latim), que são espanhol, francẽs e português.
2014-07-07T10:00:14-03:00
Desde suas origens no século XV o conceito América Latina e a identidade latino americana é fonte de diferentes interpretações. Algumas delas presentes na literatura dominante até o século XX foram marcadas por definições equivocadas e até preconceituosas. Tal cenário intensificou reações de uma literatura crítica regionalista centrada sobretudo, na defesa nos valores locais. No entanto, do antagonismo teórico envolvendo ambas as visões pelo menos dois aspectos se destacam: a polêmica em torno da origem conceitual do termo América Latina e o contraste em torno da ideia de identidade latina americana. Neste sentido, visando analisar ambos os pressupostos deste recorte histórico o presente artigo retoma a polêmica sobre o surgimento do conceito de América Latina e evidencia a luz da teoria o enfoque da legitimidade da identidade latina. Por outro lado, enfatiza também o debate em torno da ideia de “pertencimento” do Brasil a região, tema amplamente discutido no início do século XIX. Ao término deste percurso teórico analítico este artigo conclui que não há um consenso sobre os primeiros autores a utilizar a terminologia América Latina, e que a identidade latina ainda é um tema em construção. Todavia, evidencia que o reconhecimento da unidade de nações latinas na história mundial se relacionam entre outros fatores ao despertar do homem latino para as especificidades de seu povo, cultura e língua. Riqueza que, aliada ao sentido de união das nações para superação dos seus principais problemas são fatores que podem potencializar a ideia de América Latina não apenas como conceito, mas também como região soberana e independente. 

1 5 1