Elabore 5 questões discursivas sobre Equilibrio químico e constante de equilíbro.

1
Resposta: Kc= [H2O]x[CO] / [H2]x[CO2] => Kc= 1,5x1,5 / 0,5x0,5 = 9 Kp= Kc x (RT)^2-2 => Kp=Kc => Kp=9
4. Uma reação em fase gasosa pode ser representada esquematicamente por: AB2(g) ⇌ A(g) + 2B(g). Partindo de um mol do composto AB puro, num recipiente de 1 litro, verifica-se que, ao atingir o equilíbrio, 80% de AB2 se transformam em produtos da reação, na temperatura de 25ºC. Calcule a constante de equilíbrio Kp dessa reação.
AB2(g) ⇌ A(g) + 2B no início para cada temos: 1, 0 e 0. Reage e forma: 0,8; 0,8; 1,6 respectivamente e no equilíbrio tem-se: 0,2; 0,8; 1,6. Kc = [B]^2 x [A] / [AB] => Kc= (1,6)^2 x 0,8 / 0,2 = 10, 24 (mol/L)^2 ==> Kp=Kc . (RT)^2 => Kp= 10,24 x (0,082x298)^2 => Kp= 6114,15 atm ^2
No 2B faltou (g) * =) espero que ajude =)!
Amei,obrigada! :)

Respostas

2013-07-26T14:12:06-03:00
1. Quando uma reação pode ser dita reversível? Quais as condições para que uma reação atinja o equilíbrio químico e o que caracteriza esse estado em um sistema?
R: Toda reação química é reversível quando feita em recipiente fechado. Para que uma reação atinja o equilíbrio ela deve ser feita em um recipiente isolado, que não troque matéria nem energia com a vizinhança. Em um sistema em equilíbrio, as reações direta e inversa ocorrem com igual velocidade, as propriedades macroscópicas do sistema permanecem constantes enquanto que as propriedades microscópicas continuam em evolução.

2. Discuta a seguinte informação: Quando, num sistema em equilíbrio químico, verifica-se que a concentração molar dos reagentes é diferente da concentração molar dos produtos, conclui-se que a velocidade da reação direta é diferente da velocidade da reação inversa. Essa afirmação é verdadeira? Justifique.
R: A afirmação é falsa. Num sistema em equilíbrio químico, as velocidades das reações direta e inversa são sempre iguais. Quando se verifica que a concentração de reagentes e produtos no equilíbrio são diferentes, deve-se entender que uma das reações ocorreu com maior intensidade até que as velocidades de ambas as reações se tornassem iguais.

3. Num recipiente fechado de capacidade igual a 10 litros, fez-se a seguinte reação: H2(g) + CO2 (g) ⇌ H2O(g) + CO(g) Quando o equilíbrio químico foi atingido, à temperatura de 1800 ºC, verificou-se que o recipiente continha 5 mols de H2, 5 mol de CO2, 1 mol de H2O e 1 mol de CO. Calcule o valor de Kp para essa reação.
Resposta: Kc= [H2O]x[CO] / [H2]x[CO2] => Kc= 1,5x1,5 / 0,5x0,5 = 9 Kp= Kc x (RT)^2-2 => Kp=Kc => Kp=9

4. Uma reação em fase gasosa pode ser representada esquematicamente por: AB2(g) ⇌ A(g) + 2B(g). Partindo de um mol do composto AB puro, num recipiente de 1 litro, verifica-se que, ao atingir o equilíbrio, 80% de AB2 se transformam em produtos da reação, na temperatura de 25ºC. Calcule a constante de equilíbrio Kp dessa reação.
AB2(g) ⇌ A(g) + 2B no início para cada temos: 1, 0 e 0. Reage e forma: 0,8; 0,8; 1,6 respectivamente e no equilíbrio tem-se: 0,2; 0,8; 1,6. Kc = [B]^2 x [A] / [AB] => Kc= (1,6)^2 x 0,8 / 0,2 = 10, 24 (mol/L)^2 ==> Kp=Kc . (RT)^2 => Kp= 10,24 x (0,082x298)^2 => Kp= 6114,15 atm ^2
4 4 4