OIA DE LITERATURA

1)Sobre o humanismo ,responda:

A) quem foi gil vicente ?

b) quais tipos de textos ele escreve ?

c) resuma o enredo de '' auto da braca do inferno

2) sobre o renascimento / classicismo ,responda :

a) porque possui esse nome?

b) quais suas principais caracteristicas ?

c)o que e " medida nova''

d) resuma o enredo e o objetivo de'' Os lusíadas '' de luís Vaz de Camões

e)Como Camões(e os renascentistas em geral) tratam do sentimento amoroso em sua obra lírica ?

3)O que é

A) metafora

B) metonimia

C) antitese

D) hiperbole

4) sobre o quinhentismo no brasil ,complete

lit de informaçao lit jesuita

objetivo

linguagem

publica

tipo de autor

principais autor

temas(S)

PRECISO URGENTE !!!!!!!!!!!!!!

2
Metonímia ou transnominação é uma figura de linguagem que consiste no emprego de um termo por outro, dada a relação de semelhança ou a possibilidade de associação entre eles. Por exemplo, "Palácio do Planalto" é usado como um metônimo (uma instância de metonímia) para representar a presidência do Brasil, por ser localizado lá o gabinete presidencial.
valeu
Antítese é uma figura de linguagem (figuras de estilo) que consiste na exposição de ideias opostas. Ocorre quando há uma aproximação de palavras ou expressões de sentidos opostos. Esse recurso foi especialmente utilizado pelos autores do período Barroco. O contraste que se estabelece serve, essencialmente, para dar uma ênfase aos conceitos envolvidos que não se conseguiria com a exposição isolada dos mesmos. É uma figura relacionada e muitas vezes confundida com o paradoxo. Várias antíteses pode
Literatura JesuíticaOs impérios ibéricos continham em sua expansão uma profunda ambiguidade. Ao espírito capitalista-mercantil associavam um certo ideal religioso e salvacionista. Por essa razão, dezenas de religiosos acompanhavam as expedições a fim de converter os gentios
Literatura InformativaA Carta de Caminha inaugura o que se convencionou chamar de Literatura Informativa sobre o Brasil. Este tipo de literatura, também conhecido como literatura dos viajantes ou literatura dos cronistas, como consequência das Grandes Navegações, empenha-se em fazer um levantamento da “terra nova”, de sua floresta e fauna, de seus habitantes e costumes, que se apresentaram muito diferentes dos europeus.

Respostas

2013-07-26T14:10:45-03:00
Gil Vicente foi um grande poeta e dramaturgo português, considerado o pioneiro do teatro português, duas de suas obras mais conceituadas são "O auto da Barca do Inferno" e "A Farsa de Inês Pereira".

Os textos podem ser divididos entre os autos (inspirados nos milagres, mistérios e moralidades medievais) e também as farsas (que retravam por meio do exagero e com efeitos cômicos tipos humanos e sociais). 

Resumo bem prévio: Trata-se de uma obra que representava tipos da sociedade medieval da época que estão sendo julgados para uma das duas barcas, muitos após a morte levam consigo os "vícios" que tinham em vida, dentre todos apenas o parvo e os caleiros são aceitos na barca da glória.

Porque para muitos a Idade Média é considerada a Idade das trevas, como o renascimento surgiu no final da idade media e foi um movimento cultural muito marcante, recebe esse nome.

Exaltação do homem, culto a antiguidade Greco-Latina, universalismo, equilíbrio, clareza e a medida nova.

Foi uma medida introduzida por Sá de Miranda e consistia na adoção do verso decassílabo substituindo as redondilhas da medida velha. 

A obra é muito grande então vou colocar apenas os principais episódios: Epopeia dividida em três partes, a narração começa quando as caravelas de Vasco da Gama já estão no Oceano Indico, entre as muitas passagens as mais importantes são Consílio dos Deuses do Olimpo (I), Episódio de Inês de Castro (III), Velho do Restelo (IV), Gigante Adamastor (V) e Ilha dos amores (IX).

Para Camões o amor é um sentimento que entusiasma o homem, tornando-o capaz de atingir o bem, a beleza e a verdade; o amor também é manifestação do espírito de um lado e por outro é manifestação física.

Metáfora: Comparação abreviada, o conectivo não está expresso mas sim subentendido.

Metonímia: Substituição de uma palavra por outra, havendo semelhança entre ambas.

Antítese: Aproximação de palavras ou expressões com sentidos opostos.
 
Hipérbole: Exagero de uma ideia com a finalidade de proporcionar uma imagem de impacto.
2013-07-26T14:25:44-03:00
No teatro de Gil Vicente houve bastantes dificuldades, entre o entrelaçamento de gêneros, formas, fontes, motivos, diversidades formal e temática. Em 1562 foi publicada uma obra que foi organizada pelo filho do autor (Luis Vicente), chamada de A Copilaçam de Todalas obras de Gil Vicente, que classifica suas peças em cinco categorias: • Assuntos religiosos (peça de devoção)• Assuntos com várias composições bem menores (comédias, tragicomédias, farsas e obras meúdas), que passavam por uma censura por não serem aceitas pela sociedade e por ser classificado como obras defeituosas e não atenderem a critérios.Na obra gilvicentina, são diferenciados alguns gêneros teatrais por Antônio José Saraiva e Oscar Lopes. Vejamos:a) Os autos pastoris:Monólogos ou diálogos de pastores à maneira de Juan del Encina.b) Os autos de moralidade:Nascimento ressurreição de Cristo que foram diretamente inspirados da Bíblia.c) Os autos cavalheirescos:Cenas de episódios sentimentais cavalheirescos, ao gosto da corte.d) As farsas: é criado a partir de um flagrante de uma vida típica de uma pessoa, ou sucessão de quadros cômicos que são sem ligação. Ex.: A farsa de Inês Pereira e O Velho da Horta.e) As alegorias de tema profano ou fantasias alegóricas:envolvia cenas de farsas, romance e canções.Os sermões burlescos e os monólogos são ainda diferenciados entre si, entre várias outras. Gêneros principais, cronologia e evolução.
1 5 1