Respostas

2014-07-12T20:23:01-03:00
Explicação da imagem:
Esse pinheiro produz dois estróbilos (cones) o feminino e o masculino. No masculino se formam os sacos polínicos cheios de pólen (obviamente) enquanto no feminino se forma a oosfera. A fecundação é semelhante à humana: o gameta masculino vai até o feminino, ou seja, o pólen vai até a oosfera para formar o zigoto, depois forma-se a semente (a oosfera vira a semente) e quando tiver um ambiente propício ela, no chão, cresce e forma um novo pinheiro.

(As estruturas são os estróbilos, dentro deles há os sacos polínicos ou oosferas)
4 4 4
A melhor resposta!
2014-07-12T20:24:38-03:00
  Nas gimnospermas, o óvulo desenvolve-se a partir de uma folha especializada, o megasporofilo. Nessa folha formam-se um ou mais megasporângios, cada um deles contendo, em geral, um único megasporócito. O megasporângio é revestido por uma camada de tecido do megasporofilo, denominada integumento, que revestirá o futuro óvulo. No interior do megasporângio, o megasporócito divide-se por meiose, originando, quatro células, das quais apenas uma sobrevive, transformando-se no megásporo. Este se divide sucessivamente por mitose, originando o megagametófito, no qual se formam um ou mais arquegônios, cada um deles com uma oosfera. Os arquegônios ficam voltados para uma abertura no integumento, denominado micrópila. O conjunto formado por megagametófito e integumento é o óvulo.
Após a fecundação, a oosfera fecundada desenvolve-se em um embrião, que corresponde ao esporófito. O conjunto formado por um esporófito jovem, pelo megagametófito e pelo integumento é a semente.
      As gimnospermas são árvores de grandes portes, possui estruturas como: tronco espesso e muitos galhos, com folhas longas e finas em forma de agulhas (acículas) ou curtas e espessas em forma de escamas. A principal característica das gimnospermas é a produção de sementes nuas, isto é, não-protegidas por fruto. 
3 4 3