Respostas

A melhor resposta!
2014-07-14T18:05:48-03:00

Na notação musical, trata-se de uma (ou mais) linha curta, acrescentada à pauta, acima ou abaixo desta, destinada a escrever notas demasiado agudas ou graves. Na música anterior ao período clássico era vulgar a mudança de clave a fim de evitar o uso de linhas suplementares. Por exemplo, se uma parte de baixo se tornava excessivamente aguda, o compositor notava uma clave de tenor. Esta prática ainda se mantém para o violoncelo e para o fagote, mas não para outros instrumentos como, por exemplo, os instrumentos de teclas. O primeiro exemplo conhecido de linhas suplementares surgiu num livro de órgão de 1523.
2 5 2
2014-07-15T17:57:55-03:00
Na notação musical, trata-se de uma (ou mais) linha curta, acrescentada à pauta, acima ou abaixo desta, destinada a escrever notas demasiado agudas ou graves. Na música anterior ao período clássico era vulgar a mudança de clave a fim de evitar o uso de linhas suplementares. Por exemplo, se uma parte de baixo se tornava excessivamente aguda, o compositor notava uma clave de tenor. Esta prática ainda se mantém para o violoncelo e para o fagote, mas não para outros instrumentos como, por exemplo, os instrumentos de teclas. O primeiro exemplo conhecido de linhas suplementares surgiu num livro de órgão de 1523.