Respostas

2014-07-17T01:34:39-03:00
Na experiência de Pasteur ele se utilizou de frascos no formato pescoço de cisne, fazendo com que o ar entrasse no recipiente com o "caldo", porém os microorganismos presente no ar não conseguiam passar pelo tubo até chegar no recipiente não havendo o  desenvolvimento de microorganismos.
Quando ele quebrou o tubo com formato "pescoço de cisne" o ar atmosférico contendo microorganismos conseguiu penetrar na mistura, havendo assim desenvolvimento de organismos.
Logo, ele concluiu que o ar contém microorganismos e eles não se desenvolviam por geração espontânea.
Dada a explicação resumida da experiência de Pasteur, voltemos a pergunta:
A importância da experiência manter a extremidade do tubo aberta, era para provar que existiam microorganismos presentes no ar, visto que na primeira etapa o formato do tubo só permitia o ar, e não partículas e microorganismos adentrarem a mistura, e na segunda etapa ambos conseguiam adentrar a mistura.
5 4 5