1- Qual é a diferença entre lixão, aterro controlado e aterro sanitário?
2- Quais são os problemas enfrentados pelos municípios na gestão do lixo?
3- O que seria necessário para uma maior participação da população na gestão do lixo?

1

Respostas

A melhor resposta!
2014-07-18T18:28:47-03:00
1 - Lixões são os depósitos de lixo a céu aberto, sem nenhum cuidado ou preparação anterior do solo onde serão depositados. Com o tempo o número de problemas gerado por ele é enorme como por exemplo a contaminação do solo por chorume e o risco de contaminação de doenças por espécies animais vivendo naquele local. Já os aterros controlados são uma espécie de lixão evoluído, onde normalmente o solo recebeu algum tipo de preparação, e após o depósito do lixo ele é coberto, evitando o impacto visual negativo, a proliferação de animais, o mau cheiro e etc, mas não impedindo a penetração do chorume no solo. Os aterros sanitário é a maneira mais correta de deposição dos nossos resíduos, pois nele tudo é previamente preparado. O solo recebe um tratamento de impermeabilidade, para que o chorume não penetre e contamine os lençóis freáticos, e normalmente há um sistema para captar esse chorume que não pode ficar exposto, e posteriormente deverá ser tratado. Os cuidados para que o lixo seja bem coberto são grandes, evitando a poluição visual, dentre outros diversos fatores já citados, e até mesmo a presença humana (na tentativa de retirar do lixo seu sustento). Quando o prazo de validade dos aterros sanitários chega em seu fim, a empresa responsável por ele deve recuperar o terreno.
2 - A maior parte dos municípios hoje enfrenta problemas com o aumento da produção de lixo junto com o aumento do número populacional. Antes a produção média diária de lixo era de 200g (isso em 90), hoje temos cerca de 850g diárias de lixo, caminhando para seu futuro 1kg. Isso por pessoa. Com isso, os municípios não tem dado conta de encontrar locais para construir aterros com essa grande capacidade para depósito. Além deste, muitos têm passado por problemas no custeamento do tratamento dos aterros.
3 - É necessário lembramos as pessoas que a origem do lixo vem delas. O processo se inicial com a coleta do lixo na própria residência, para depois este ser entregue a outro que manusearão até o local correto. A população deve então ter cuidado com o seu lixo, depositando apropriadamente (evitando por exemplo misturar lixo orgânico com outros tipos, ou algo simples como não jogar um resto de bebida líquida junto de um lixo orgânico), para facilitar o manuseio para quem coleta. Precisamos conscientizar a população de que sem a sua ajuda, o problema com o lixo só vai crescer.
3 5 3