Respostas

2014-07-19T21:37:36-03:00
Isso faz parte de energia, transformação de energia, seria uma energia luminosa
2014-07-19T22:04:46-03:00
Shows de fogos de artifício são muito bonitos, no entanto, o barulho nas redondezas do espetáculo é muito grande. E isso, é devido à grande quantidade de pólvora existente em um único fogo de artifício.
Um fogo de artifício é composto basicamente por pólvora (“mistura de enxofre, carvão e nitrato de potássio”) e por um sal de um elemento determinado (o que irá determinar a cor da luz produzida na explosão).
A pólvora, em um fogo de artifício, possui, além do nitrato de potássio também clorato de potássio. Estes compostos são denominados oxidantes e são altamente explosivos. A presença desses sais (KClO4 e KClO3) é uma forma de aumentar a explosão e a claridade proporcionada pelo fogo de artifício.
Na hora em que a pólvora explode, a energia excita os elétrons. Quando retornam aos níveis de menor energia, liberam então a luz colorida.

Os sais de potássio são mais utilizados do que o de sódio pelo fato deste produzir a cor amarela e ofuscar as outras cores. As cores dependem do tipo de elemento químico que é usado na queima dos fogos. Os sais de sódio, por exemplo, produz cor amarela; sais de bário, produzem cor verde; sais de cobre, produzem cor azul, sais de potássio produz cor violeta entre outros. E isso ocorre com dois fenômenos: incandescência e a luminescência.

Incandescência: É a luz produzida pelo aquecimento de substâncias. Quando se aquece um metal, por exemplo, ele passa a emitir radiação infravermelha, que vai se modificando até se tornar radiação visível na cor branca.
Ex: Lâmpada incandescente, onde existe um filamento de tungstênio que é aquecido e passa a produzir luz.
Luminescência: É a emissão de luz por uma substância quando submetida a algum tipo de estímulo como luz, reação química, radiação ionizante.
Ex: Animais que vivem em regiões do mar onde não há luz e até mesmo o vaga-lume.