Bom, é apenas uma dúvida.
Eu estou escrevendo um texto, porém eu travei em algo, do tipo, o meu personagem está andando, ou algo do tipo, fazendo alguma coisa e logo em seguida eu faço ele refletir sobre sua ação, ou o faço pensar. Exemplo: "Eu andava apressadamente, sem dar atenção as coisas ao meu redor. Hoje recebi uma mensagem de minha mãe, dizendo que minha esposa estava doente e precisava que eu a levasse no hospital. O que será que poderia ter acontecido com ela? Estou preocupado, vou aumentar o passo". Logo cheguei em casa.
Eu fico na dúvida, como posso "diferenciar", não sei ao certo, como mostrar que é um pensamento, pra não parecer que está tudo junto da ação que o personagem estava fazendo? E não voltar do nada pra ele andando. Mudar a letra? Itálico?

1

Respostas

A melhor resposta!
2014-07-27T23:25:04-03:00

Esta é uma Resposta Verificada

×
As Respostas verificadas contém informações confiáveis, garantidas por um time de especialistas escolhido a dedo. O Brainly tem milhões de respostas de alta qualidade, todas cuidadosamente moderadas pela nossa comunidade de membros, e respostas verificadas são as melhores de todas.
Não precisa. Esse é o discurso indireto livre. Como o texto é em primeira pessoa, a própria narração com verbos de ação não deixa de ser fluxo do pensamento do personagem. Não facilite muito a vida do leitor, não :)
2 5 2
Lendo de novo, notei que você já fez uma diferenciação sutil com a mudança de tempo verbal. Ficou bom à beça.
Realmente, eu não entendo muito dessas coisas, queria pegar o português para aprender de cabo a rabo, porém tem muitas coisas que eu travo, porque normalmente precisa de alguma coisa para aprender outra coisas e eu acabo me enrolando toda e sempre fico: "nossa, que pena.".