Existe, ainda, uma concepção gramatical que prevê o aprendizado do falante do qual ele lança mão ao falar. Portanto, neste caso, a utilização linguística variável é consciente, ou seja, o falante escolhe qual variação deseja dependendo do momento de fala. Sob este ponto de vista, consideram-se as variantes linguísticas:

1

Respostas

2014-07-28T13:46:36-03:00
Bem, os níveis de fala são um dos fatores relacionados à linguagem do ser humano. O ser humano, como se sabe, é o único ser dotado da capacidade de se comunicar através da linguagem. E é essa habilidade que nos difere dos demais seres. Os níveis de linguagem são basicamente 2: o formal e o informal. O primeiro está intimamente ligado à linguagem escrita. Ficamos restritos às regras de gramática para podermos nos comunicar. Assim, não podemos escrever da mesma forma que falamos. O que se chama de linguagem informal é aquela relacionada a diversos estilos, ou variedades linguísticas. São levadas em consideração as diferentes condições sociais, culturais, regionais e históricas de quem se expressa. As condições sociais e culturais estão intimamente ligadas aos grupos sociais, de uma maneira geral, e ao grau de instrução das pessoas. Entram, aí, as gírias, o linguajar regional (dialeto), os jargões, relacionados à profissão, por ex.: a linguagem usada por médicos, advogados, técnicos, enfim. As variações históricas na linguagem estão relacionadas ao dinamismo que a língua apresenta, a sua transformação ao longo do tempo, por ex.: antigamente se escrevia farmácia com ph ao invés de f. Outro ex.: completar primaveras, para não dizer anos de vida. Até hoje eu uso, por delicadeza, completar primaveras. Quando uma colega aniversaria, eu a parabenizo por uma primavera de vida, para não dizer que ela está ficando mais velha. Espero ter ajudado.  
1 5 1