Respostas

2014-07-31T20:03:59-03:00
Melhores condiçoes de vida na cidade as vezes,falta de tecnologia para algumas pessoas no campo(algumas pessoas nao tinham condiçoes para comprar emplementos ,para facilitar a vida no campo),secas, enchentes,qualidade de ensino e necessidade de infra-estrutura e serviços, empregos ,falta de acesso as propriedades,entre varias outras coisas
2 3 2
Emplementos ?
maquinas para o trabalho no campo (trator,caminhao,plantadeira,etc)
2014-07-31T20:10:39-03:00
A migração das famílias do interior do Brasil para os grandes polos econômicos se deu principalmente nos séculos XIX e XX, onde essas famílias buscavam melhores condições de renda e de vida. 
O primeiro grande marco desse período foi em 1879, onde se tem indícios que um milhão de pessoas deixaram o sertão brasileiro em direção aos centros urbanos brasileiros por causa de uma grande seca que ocorrera na região.
Durante da década de 1930, inicia-se mais um processo migratório no Brasil, agora para o Sul, mais precisamente São Paulo, onde os nordestinos, fugindo novamente da seca e da precária condição de vida na região, foram buscar trabalho nos cafezais. Porém, lá encontravam a concorrência de imigrantes italianos e espanhóis, que em melhores condições físicas, tinham a preferência dos fazendeiros.
As grandes industrias chegaram ao Brasil no final da década de 1950, deu motivo para mais um outro êxodo rural impulsionado pela abertura de empregos, principalmente na construção civil, com a construção de Brasília. Para lá, se dirigiram migrantes de todas as regiões brasileiras, principalmente do Norte e Nordeste. 
O país presenciou o seu período de maior êxodo rural entre as décadas de 60 e 80, quando aproximadamente 15 milhões de pessoas abandonaram o campo e rumaram em direção aos centros urbanos. Isso equivale a 33% da população rural do início da década de 60. Este fato se deu em função do investimento que governo do então Presidente Juscelino Kubitschek fez visando o desenvolvimento industrial das grandes cidades da região sudeste, onde diversas empresas multinacionais foram instaladas, principalmente montadoras, abrindo portas para a absorção de grande massa de trabalhadores, principalmente nordestinos.
1 5 1