Respostas

2014-08-10T21:30:56-03:00
A) 
J=?
C = 12900
I = 9% = 9/100 = 0,09
T = 2 ANOS

J = C.I.T
J = 12900.0,09.2
J = 2322

B)
M = ?
J=?
C = 12900
I = 9% = 9/100 = 0,09
T = 2 ANOS

M = C.(1 + I)^T                   (^ = ELEVADO)

M = 12900.(1 + 0,09)^2
M = 12900.(1,09)^2
M = 12900.1,1881
M = 15326,49   ( VALOR TOTAL AO FINAL DA APLICAÇÃO)

J = M - C
J = 15326,49 - 12900  ( VALOR FINAL - O VALOR INICIAL)
J = 2426,49 (JUROS/RENDIMENTOS)



7 4 7
nao entendir direito a letra B
TIVEMOS QUE USAR DUAS FÓRMULAS, UMA VEZ Q A PRIMEIRA CALCULA O MONTANTE ( A SOMA DO QUE VOCÊ APLICOU COM O QUE VOCÊ GANHOU). ENTÃO NA SEGUNDA FÓRMULA, FAZEMOS A SUBTRAÇÃO ENTRE O MONTANTE E O CAPITAL E OBTEMOS OS JUROS( O QUE GANHOU COM A APLICAÇÃO).
oq quer dizer ^ isso
2014-08-10T22:01:54-03:00
C = capital(aplicação); i = taxa de juro; n = tempo; Js = juro simples e 
Jc = juro composto. Então:
a)  Js = ?  Pelos dados do problema, temos:
     Js = C.i.n⇒Js=12900.0,09.2 =12900.0,09.2=R$ 2322,00⇒ Jc=R$2322,00
b)  Jc =  C[(1 + i)^{n}-1]  ⇒ Jc = 12900[(1 + 0,09)^{2}-1] 
12900[1,1881-1] = 2426,49
 ⇒ Jc = R$ 2426,49
2 4 2