a mata atlântica é uma floresta umida e seu interior é sombreado. nela é comum a existência de muitas especies de pequenas plantas verdes, de pequeno porte, sobre certas areas da superficie do solo, sobre troncos e ramos de árvores. essas plantas nao tem vasos condutores nem produzem flores. produzem gametas e, para se reprodizirem, depenem da agua. c) por que se diz que elas dependem da água para a fecundaçao?

1

Respostas

2013-08-18T11:34:43-03:00

Esta é uma Resposta Verificada

×
As Respostas verificadas contém informações confiáveis, garantidas por um time de especialistas escolhido a dedo. O Brainly tem milhões de respostas de alta qualidade, todas cuidadosamente moderadas pela nossa comunidade de membros, e respostas verificadas são as melhores de todas.
Estimada Belinha,

Essas plantas da Mata Atlântica são, principalmente, musgos,classificados no grupo vegetal das briófitas, que necessitam de água para que os gametas masculinos (que se movimentam) cheguem até o feminino (que ficam imóveis). Apesar de serem plantas terrestres, são primitivas por não possuírem estruturas complexas, sistemas condutor de seiva, nem flores, sementes ou frutos. Ao invés de raízes, apresentam rizóides. 

Essas são as razões por sobreviverem no interior da floresta úmida e sombreada, pois consegue, assim, reter a água que necessita para a sua sobrevivência e reprodução. 

Aqui onde vivo, em Natal-RN, quando chove, as árvores das ruas e das casas, algumas paredes das casas e pedras, devido à umidade, ficam cobertas ou cheias de musgo, sendo perigoso devido ao risco de escorregar, subir em árvores durante esse período.

Isso se deve à capacidade dessas plantas primitivas em acumularem água, o que faz com que algumas sejam escorregadias. ^^  Isso ajuda na sobrevivência e na reprodução não apenas dessas espécies, mas um "pequeno ecossistema" de fungos, animais minúsculos, líquens, bactérias e protozoários.

Além disso, ao guardarem água, ajudam na manutenção da água no solo e nos outros locais em que vivem, diminuindo o impacto das gotas de água no chão e, assim, dificultando que a chuva arraste os nutrientes da terra, dentre outras funções benéficas.