Respostas

2014-08-15T16:13:43-03:00
1- Leia o texto a seguir. “Que a Rússia czarista estava madura para a revolução, merecia muitíssimo uma revolução, e na verdade essa revolução certamente derrubaria o czarismo, já fora aceito por todo observador sensato do panorama mundial desde a década de 1870” – Eric J. Hobsbrwna) Com base nessa afirmação, destaque a situação econômica da Rússia antes que o processo revolucionário de 1917 acontecesse. b) Identifique e explique dois levantes que antecederam a Revolução Russa.

2- Leia o seguinte relato de Richar Pipes, autor do livro “O comunismo”: O partido Operário Social-Democrata foi organizado, formalmente, em 1903, em um congresso em Londres. Lá o movimento imediatamente dividiu-se em duas facções, uma liderada por Martov, apelidada ‘menchevique’, e outra por Lênin, que chamava a si mesmo do ‘bolchevique’. a) Determine as divergências políticas existentes entre os bolcheviques e mencheviques. b) Explique por que os bolcheviques derrubaram o governo provisório menchevique criado em fevereiro de 1917.

3- (UFFRJ) Em 1921, o problema nacional central era o da recuperação econômica - o índice de desespero do país é eloquente: naquele ano, 36 milhões de pessoas não tinham o que comer. Nas novas e ruinosas condições da paz, o "comunismo de guerra" revelava-se insuficiente: era preciso estimular mais efetivamente os mecanismos econômicos da sociedade. Assim, ainda em 1921, no X Congresso do Partido, Lenin propõe um plano econômico de emergência: a Nova Política Econômica.
NETO, J. P. "O que é Stalinismo". São Paulo: Brasiliense, 1981.
Sobre a chamada Nova Política Econômica é correto afirmar que: a) ela reintroduziu práticas de exploração econômica anteriores à Revolução Russa de 1917, que se traduziram num abandono temporário de todas as transformações socialistas já feitas e um retorno ao capitalismo. b) ela consistiu na manutenção de elementos econômicos socialistas, na organização da economia (como o planejamento) e na permissão para o estabelecimento de elementos capitalistas por meio da livre iniciativa em certos setores. c) ela significou fundamentalmente uma reforma agrária radical que promoveu a coletivização forçada das propriedades agrárias e a construção de fazendas coletiva, os Kolkhozes. d) seu resultado foi catastrófico, mesmo permitindo a volta controlada de relações capitalistas na economia, já que ela ampliou ainda mais o nível de desemprego e produziu fome em grande escala. e) ela significou, com a abertura para o capitalismo, um aumento substancial da produção industrial, mas, ao mesmo tempo, por ter retirado todos os incentivos anteriormente concedidos à produção agrícola, foi a razão da ruína do campo.

1 4 1