Respostas

2014-08-22T10:06:13-03:00
A radicalização das propostas das classes mais baixas na hierarquia social levou à execução do rei Luís XVI e sua família na guilhotina. O fato dos girondinos terem se oposto às execuções resultou também na perda de suas cabeças na guilhotina. Tinha início o período do Terror.Através do período do Terror, subiram ao poder os jacobinos liderados por Robespierre. A nova Constituição entrou em vigor, garantindo o voto a todos os homens maiores de 21 anos. Foi sufocada a contrarrevolução interna e leis sociais foram promulgadas, entre elas, o fim da escravidão nas colônias e o preço máximo dos alimentos. No entanto, essas medidas e a centralização do poder por Robespierre, bem como o ordenamento de condenações tanto a inimigos quanto a aliados, deixaram-no isolado, sem base para manter o poder. Em julho de 1794, Robespierre foi guilhotinado, e os jacobinos perderam o poder de Estado.
2014-08-22T10:06:55-03:00

Na época da Revolução, tinha os GERONDINOS (os conservadores de direita da alta burguesia) e os JACOBINOS (de eskerda liderados por Roberpierre). Durante esse período as garantias civis foram suspensas e o governo revolucionário, controlado pela facção da Montanha dentro do partido JACOBINO, assassinou seus adversários. 

Nessa briga q era pra perseguir os GIRONDINOS, acabou morrendo JACOBINOS também.Qualquer um que se opunha à Revolução, era guilhotinado (Morreram uns 1.400). 

O Robespierre aí, criou o tal Comitê de Salvação Pública (salvação o cara.l.h.o, esse órgão é q conduziu a política do Terror). 

O Terror foi uma resposta drástica do governo, na tentativa de controlar o país, matando quem se opunha. 

O Terror só acabou com o golpe do 9 de Termidor (27/28 de julho de 1794), que tirou Robespierre do cargo de presidente do Comitê de Salvação Pública e trouxe novamente a burguesia ao poder. (Ou seja, vitória dos GERONDINOS, da burguesia conservadora de direita).
1 5 1