Respostas

2014-08-27T01:23:10-03:00
A proposta de Reforma Agrária é um tema que há muito tempo é discutido no Brasil, desde a época de Getúlio Vargas essas discussões vêem á tona. A Igreja Católica, através da Pastoral da Terra, apoia o movimento pela Reforma Agrária, que se baseia unicamente na distribuição de áreas de Terra Devolutas, ou seja terras públicas (da União) às famílias cadastradas nos programas do INCRA (Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária) para a Agricultura Familiar, fazendo cumprir a Constituição Federal.
O grupo de se opõem a ela constitui de posseiros minifundiários e latifundiários cuja proposta é especulativa, ou seja não pretendem dar uso econômico ou social á propriedade, somente obtê-la para posteriormente vendê-la. Alguns membros desse grupo possuem documentos grilados (documentos falsos que aparentam envelhecimento causados pela guarda do documento em uma caixa juntamente com o inseto Grilo, cujos excrementos amarelam o papel) como sendo obtidos pelos antepassados, do governo Imperial. Muitos desses posseiros (invasores) são empregados dos latifundiários que simplesmente invadem essas terras públicas a serviço do patrão, que é muito influente política e economicamente na região e acabam conseguindo o apoio das autoridades para a desocupação das áreas que lhes interessa.
3 3 3