Respostas

2014-08-28T20:39:59-03:00
RECONHECIMENTO DA INDEPENDÊNCIA DO BRASIL O que seria necessário, para que o Brasil, após a independência fosse reconhecido como uma Nação Livre e soberana?Pelas regras, quem deveria reconhecer oficialmente a nossa Independência política, antes dos demais países?Quem foi o primeiro país a reconhecer nossa independência?Baseado em quê?Seria necessário que o mundo reconhecesse a nova situação política Para que o Brasil pudesse livremente estabelecer o comércio com outras Nações Segundo as regras, o primeiro país a reconhecer nossa independência deveria ser a Metrópole - Portugal Os EUA foram os primeiros a reconhecer a independência do Brasil,Baseados na DOUTRINA MONROE – “A América para os Americanos “CRISE DO PRIMEIRO REINADO Qual o interesse dos EUA nesse reconhecimento oficial?Qual a situação da Inglaterra, frente à atitude dos EUA?Os EUA, visava o domínio do mercado brasileiro, uma vez que, o Brasil não poderia comercializar com as Nações européias enquanto não fosse reconhecida como Nação livre A Inglaterra, temendo perder o mercado brasileiro para os EUA, e não podendo reconhecer nossa independência antes que a metrópole o fizesse,passou a pressionar Portugal a aceitar a perda do Brasil.Em 1825, Portugal finalmente reconheceu nossa independência. Mas o quê Portugal exigiu em troca?Uma indenização de dois milhões de libras esterlinas e o Título de Imperador Honorário ( de honra ) do Brasil para D. João VI1826 – A INGLATERRA RECONHECEU A INDEPENDÊNCIA O QUE EXIGIU EM TROCA?A) A renovação dos Tratados de 1810 ( perdeu os privilégio de 15%,pois foi estendido às outras nações )b) Exigiu do Brasil o compromisso de acabar com o tráfico negreiro NEGOCIAÇÃO BRASIL PORTUGAL INGLATERRA Pagou a indenização A grande beneficiária foi a Inglaterra, que tornou o Brasil um país devedor – origem da nossa dívida externa EUROPAtardaram a reconhecer nossa independência, devidoà ação da Santa Aliança, que combatia os movimentos de independência coloniais AMÉRICA LATINAtardaram a reconhecer devido:a) O fato do Brasil ser visto com desconfiança, por ser o único país monárquico na América, enquanto os demais eramrepúblicab) Além desse fato, o imperador era herdeiro de Portugal e a pretensão de manter a posse da Cisplatina, uma colôniaespanholaConclusão – após o reconhecimento de Portugal, aos poucosos demais países foram aceitando e reconhecendo a soberaniado Brasil GOVERNO DE D.PEDRO II1822 18311824Outorga da Constituição D. Pedro I, governou o Brasil apenas9 anos, sendo obrigado a abdicar o trono em 1831, retornando para Portugal e deixando no Brasil seu filho menor, D. Pedro II QUAIS AS RAZÕES DA ABDICAÇÃO?PORQUE D. PEDRO I, GRANDE HERÓI NACIONAL, SE TORNOU TÃO IMPOPULAR?RAZÕES:1) A Guerra Cisplatina– 1825 - 1828CISPLATINA-URUGUAI•lembrando: em 1821, D. João VI dominou e anexou a Província Cisplatina ao Brasil•Em 1825, a Província Cisplatina, declarou sua independência em relação ao Brasil eanexou-se à Argentina – Brasil declara guerra à Argentina.Essa guerra contra os revolucionários acabou provocando um sério esvaziamento dos cofres brasileiros,pois D. Pedro I, foi obrigado a recorrer a mais empréstimos externos, agravando ainda mais a crise econômica do Brasil Assim, além de ter perdido a região, essa guerra provocou grande desgaste político do Imperador, além do aumento da nossa divida externa.1828 Brasil e Argentina reconhecem a independência da Cisplatina, que passou a se chamar :República Oriental do Uruguai Guerra Cisplatina2) O ABSOLUTISMO DO IMPERADOR:•as tendências absolutistas e autoritárias com que o Imperador governou o Brasil.•o fechamento da Assembléia Constituinte ( que ocasionou a Noite da Agonia )•a outorga da Constituição de 1824•a criação do Poder Moderador – que colocava D. Pedro I acima dos demais poderes3) A CRISE ECONÔMICA E FINANCEIRA DO BRASIL ECONÔMICA Crise do açúcar Esgotamento do ouro Crise do algodão e do tabaco enfraqueceu nossa economia FINANCEIRA Empréstimo para pagar: -nossa independência-sufocar as províncias quer esistiam à independência-financiar a Guerra Cisplatina e a Confederação do Equador4) O SEU RELACIONAMENTO AMOROSO COM A MARQUESA DE SANTOS -Esse relacionamento acabou provocando um rompimento entre o Imperador e José Bonifácio ( que deixa o Brasil ), o que contribuiu ainda mais para o desgaste de D. Pedro I e a futura abdicação ao trono brasileiro6) O ASSASSINATO DO JORNALISTA LÍBERO BADARÓ –Líbero Badaró, um dos maiores críticos de D. Pedro I, foi assassinado,e o imperador foi considerado o mandante do crime